BYD anuncia mudança em baterias de veículos híbridos devido a riscos de segurança, houve recall na China, agora será usadas baterias prismáticas

BYD anuncia mudança em baterias de veículos híbridos devido a riscos de segurança, houve recall na China Foto: Wikipedia / Reprodução

A BYD, uma gigante no mercado de veículos elétricos e híbridos, anuncia uma mudança em sua tecnologia de baterias, por conta de risco a segurança

Publicidade

Preocupada com a segurança, a BYD decidiu cessar a produção de baterias do tipo pack, usadas em seus modelos híbridos, e migrar para células prismáticas. Esta decisão surge em meio a preocupações com vazamentos potenciais nessas baterias.

Recentemente, a BYD enfrentou um desafio de segurança na China, resultando no recall de 60.000 unidades do modelo BYD Tang DM-i. Esse recall foi motivado por um defeito identificado na bateria, que poderia levar a uma fuga térmica, um risco considerável de segurança.

Publicidade

A BYD está modificando suas instalações de produção nas províncias de Shaanxi e Zhejiang para fabricar baterias prismáticas. A decisão está enraizada nas preocupações de segurança, considerando o risco de vazamento das baterias pack. A BYD planeja concluir a transição para baterias prismáticas até 2025.

Até o momento, a BYD não emitiu um comunicado oficial sobre o assunto

No entanto, a mudança alinha a BYD com outras grandes montadoras, como Volkswagen e Tesla, que também reconhecem riscos semelhantes. As baterias pack são mais leves, mas apresentam um risco maior de vazamento de eletrólitos, o que pode causar incêndios ou explosões. A mudança para baterias prismáticas visa aumentar a segurança.

Publicidade

A transição da BYD para baterias prismáticas em seus veículos híbridos reflete um compromisso com a inovação e a segurança. Enquanto isso, a empresa continua a monitorar e responder a quaisquer problemas de segurança, como evidenciado pelo recall na China.

LEIA TAMBÉM:  Contran explica as diretrizes para conduzir veículos elétricos e aumentar a segurança no trânsito depois da alta de acidentes envolvendo EVs

A transição para baterias prismáticas e seu impacto ambiental positivo

A adoção das baterias prismáticas pela empresa chinesa também traz benefícios ambientais significativos. Essa transição contribui para a redução das emissões de gases de efeito estufa, já que as baterias prismáticas são conhecidas por serem mais eficientes em termos de energia, o que impulsiona a eficiência energética dos veículos híbridos.

Publicidade

Além disso, a reciclabilidade dessas baterias é geralmente mais fácil, tornando o descarte e o ciclo de vida das baterias mais sustentáveis em comparação com as alternativas. Essa abordagem alinha a BYD com a crescente preocupação global com a sustentabilidade ambiental na indústria automobilística e demonstra seu compromisso com um futuro mais limpo e ecológico.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: |

Sobre o Autor

Ana Paula Araújo
Ana Paula Araújo

Ana Paula Araújo escreve no Cultura Ambiental nas Escolas sobre meio ambiente, sustentabilidade, energias renováveis e suas implicações, veículos elétricos e as principais novidades do setor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *