Robô Perseverance encontra ‘algo inusitado’ na superfície de Marte

Escrito por Bruno Teles

Algo curioso foi revelado pela Nasa. Isso porque o robô Perseverance, em uma missão em Marte, encontrou na superfície algo curioso, revela a agência espacial. Segundo eles, um pedaço de lixo, de cor prateada, chamou a atenção dos responsáveis pela missão do robô.

Desta forma, eles acreditam que o objetivo, encontrado preso entre as rochas, pode ser uma manta térmica utilizada para proteger o aparelho. Até esse momento, tudo parecia normal, mas, o objeto foi encontrado a cerca de 2 km do local do pouso desse equipamento.

Neste sentido, os cientistas ficaram intrigados. Afinal, já há cerca de um ano que o robô caminha sobre Marte, mas, como o material chegou a tão longe, sendo que não havia outras presenças por lá? Será que ele caiu ali por acaso, ou foi levado por algum tipo de ventania?

PARA VOCÊ:
Simpático carro-bolha de dois pode ser pequeno, mas já conta com uma fila de 30 mil pessoas no aguardo pela entrega
robô Perseverance
Robô Perseverance (Reprodução: divulgação)

Como Marte vem sendo explorado?

Primeiramente, podemos dizer que o material encontrado não é a única coisa achada em Marte. Aliás, vale citar que o Programa de Exploração de Marte da NASA tem como missão moldar a superfície de Marte, para tentar encontrar algum tipo de ser vivo andando por aquela região.

Apesar das pesquisas ajudarem a encontrar alguém vivo na região, embora isso não tenha acontecido até o momento, outras coisas puderam ser vistas. Isso porque esse pedaço de material – muito similar ao papel alumínio — foi confeccionado por mãos humanas.

PARA VOCÊ:
Pesquisadores criam Gel capaz de obter água potável até mesmo no deserto

Neste sentido, podemos dizer que nem mesmo o planeta marciano está livre do lixo produzido no Planeta Terra. Vale salientar que a manta térmica existe para proteger os equipamentos da alta temperatura, especialmente no momento de pouso do equipamento.

Inclusive, apesar da situação curiosa, a Perseverance tem buscado vida em Marte há muitos anos. Atualmente, apenas microrganismos foram encontrados na região, mas, estudos apontam que, no futuro, outros tipos de vida podem se situar no local.

Além disso, outras descobertas foram feitas sobre Marte. Isso porque a Cratera Jezero — onde o material foi encontrado — já abrigou o delta de um rio, além de um pequeno lago. Por fim, fica a dúvida: será que é mais fácil encontrar lixo ou vida extraterrestre em Marte?

PARA VOCÊ:
Cientistas mantêm computador ligado por um ano com energia de algas
Artigos relacionados