Sedã Proxima da GM é um carro totalmente elétrico que exibe notáveis portas asa de gaivota

Buick Proxima da GM é um sedã totalmente elétrico que exibe notáveis portas asa de gaivota Fonte da imagem: Divulgação/General Motors

A apresentação desse carro elétrico marca o retorno das atividades no aprimorado e ampliado centro de design avançado da GM na China

Publicidade

A General Motors (GM), prestigiosa fabricante automobilística, trouxe à tona a vanguarda de sua futura frota elétrica com o novo Proxima. Com o inovador Carro elétrico da GM, desenvolvido em seu centro de design em Xangai, o mundo automobilístico se depara com um vislumbre audacioso de como os veículos elétricos da montadora podem ser projetados no futuro.

Portas asa de Gaivota é um pioneirismo do carro elétrico da GM

O Proxima, uma novidade intrigante da GM, é um sedã totalmente elétrico que exibe as notáveis portas asa de gaivota. Uma equipe dinâmica de designers chineses foi responsável pelo seu desenho, o qual também conta com um interior vasto, prometendo proporcionar uma sensação de conforto doméstico ao usuário. A apresentação desse modelo marca o retorno às atividades no aprimorado e ampliado China Advanced Design Center da GM, um recurso valioso voltado para pesquisas internas.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Volvo EX30: Conheça o novo elétrico da Volvo a partir de R$ 229.950

Vale salientar, porém, que a visão do Carro elétrico da GM Proxima como um modelo de produção em massa ainda é uma expectativa distante, especialmente no Brasil. O veículo elétrico é um projeto destinado especificamente ao mercado tecnologicamente orientado da China, como sublinhado no comunicado oficial da montadora para a imprensa.

Localizado na China, o centro de design é um dos quatro centros globais de design avançado da GM

A influência chinesa na concepção dos futuros veículos elétricos da GM não é descartada. Michael Simcoe, vice-presidente sênior de design global da GM, pontua que o China Advanced Design Center está à frente no desenho dos futuros produtos GM.

Publicidade

“O florescente mercado de veículos elétricos da China, aliado ao apetite voraz dos consumidores por novas tecnologias, forneceu aos nossos designers uma chance singular de inovar na mobilidade pessoal”, disse Simcoe.

Localizado na China, o centro de design é um dos quatro centros globais de design avançado da GM, que desde 2021 passou por modernizações significativas e ampliou o número de colaboradores.

Publicidade

A Influência chinesa no design global da GM

De acordo com a GM, o estúdio de Xangai seguirá a diretriz de “projetar na China para a China”, mas também irá fornecer “percepções valiosas e conhecimentos adquiridos em projetos experimentais para influenciar o design global da GM”.

LEIA TAMBÉM:  Volvo EX30: Conheça o novo elétrico da Volvo a partir de R$ 229.950

Stuart Norris, vice-presidente de design da GM China e GM International, afirma que “a aceleração da tecnologia na China está permitindo aos designers repensar os veículos e remodelar suas próprias carreiras”.

O estúdio de Xangai ostenta uma configuração de realidade mista que pode ser empregada em um assento universal, bem como um configurador de veículos e aplicativos de revisão 3D sem a necessidade de óculos, potencializados pelo Unreal Engine. Essas ferramentas prometem continuar impulsionando a vanguarda do design automotivo, fazendo-nos ansiosos para ver o que o futuro reserva para o Carro elétrico da GM e para o mercado automobilístico global como um todo.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *