Carro elétrico “baratinho”: Panasonic planeja aprimorar as baterias 2170 utilizadas nos veículos da Tesla e isso pode derrubar os preços

Panasonic planeja aprimorar as baterias 2170 utilizadas nos veículos da Tesla (Imagem: Geovane Leite Souza (gerada via IA)/DALL-E)

A melhoria na densidade energética das baterias pode levar a uma diminuição no uso de células por veículo, potencialmente reduzindo os custos de produção

Publicidade

A Panasonic, em colaboração com a Tesla, está trabalhando para lançar uma versão aprimorada das baterias 2170. Espera-se que a produção comece entre 2024 e 2025 na fábrica de Nevada, que opera em conjunto com a Tesla.

A promessa é de um aumento significativo na densidade energética dessas células, o que poderia diminuir o número necessário de células para a construção de um veículo elétrico, impactando diretamente na redução dos custos de produção.

Publicidade

Panasonic planeja expansão da Capacidade de Produção das baterias

A meta da Panasonic é quadruplicar a capacidade de produção de baterias até o ano fiscal de 2030. Para isso, a empresa está investindo em melhorias no processo produtivo e na expansão de suas instalações, com projetos significativos em andamento.

A Panasonic está construindo uma nova fábrica em De Soto, Kansas, e planeja anunciar a localização de uma terceira fábrica em breve. Estas ações são parte de um esforço para aumentar a capacidade de produção para 200 GWh até 2030, um salto considerável em relação ao limite atual de 50 GWh.

Publicidade

Além das melhorias nas baterias 2170, a Panasonic também está desenvolvendo as células 4680, mais espessas e volumosas, destinadas aos modelos de próxima geração da Tesla. A empresa também firmou um acordo para adquirir material de ânodo de silício nanocomposto da Sila Nanotechnologies, com a expectativa de que essa inovação permita viagens mais longas e recargas mais rápidas para veículos elétricos.

LEIA TAMBÉM:  Além do Dolphin Mini, BYD traz novo SUV elétrico para o Brasil, o Yuan Up

O momento é oportuno, considerando os subsídios do governo para a fabricação de células de bateria nos EUA

A atuação da Panasonic, alinhada às políticas de incentivo do governo Biden nos Estados Unidos, representa um avanço significativo para o setor de veículos elétricos. A Inflation Reduction Act, que oferece subsídios para a fabricação de células de bateria nos EUA, tem sido um grande impulso para empresas como a Panasonic.

Publicidade

Este contexto cria um cenário promissor para a redução dos preços dos veículos elétricos e para o avanço tecnológico na busca por fontes de energia mais limpas e sustentáveis.

O esforço da Panasonic em aprimorar as baterias 2170 e expandir sua capacidade produtiva, juntamente com novas parcerias e inovações tecnológicas, sinaliza uma mudança significativa na indústria de veículos elétricos. Esse avanço não apenas beneficia o consumidor com veículos elétricos mais baratos, mas também contribui de forma vital para a transição energética global e a luta contra as mudanças climáticas.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | | | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *