Elysian E9X; Startup holandesa apresenta avião comercial elétrico

Elysian E9X; Startup holandesa apresenta avião comercial elétrico Foto: Cavok / Reprodução

A startup Elysian, da Holanda, está pavimentando o caminho para a aviação sustentável com seu mais recente projeto, o Elysian E9X

Publicidade

Este avião elétrico, projetado para transportar 90 passageiros, marca um ponto de virada significativo na indústria aeroespacial.

O E9X destaca-se por sua capacidade de voar 800 quilômetros com uma única carga de bateria. Com uma densidade energética de bateria de 360 Wh/kg, ele representa um avanço notável no uso de baterias para viagens aéreas mais longas.

Publicidade

Inspirando-se em jatos de primeira geração, conhecidos por sua capacidade de transportar grandes quantidades de combustível para longas distâncias, o E9X da Elysian reimagina esta eficiência para a era elétrica.

O co-CEO e diretor de tecnologia, Rob Wolleswinkel, enfatiza que grandes aviões elétricos podem ser surpreendentemente eficientes em termos energéticos e aerodinâmicos.

Publicidade

A Elysian inova ao distribuir baterias ao longo da asa do avião, utilizando oito motores com hélices menores e uma asa baixa. Além disso, turbinas a gás são incluídas como um sistema de reserva.

A Elysian, parte da herança da Fokker, recebe apoio significativo da Panta Holdings e colabora com instituições renomadas como TU Delft para o desenvolvimento deste projeto

Com a meta de lançar o E9X no mercado até 2033, a Elysian está na vanguarda da aviação sustentável, abrindo novos horizontes para a indústria aeroespacial. Este projeto é mais um passo em direção a um futuro onde viagens aéreas não apenas conectam pessoas, mas também preservam nosso planeta.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Pivotal Helix, o carro voador elétrico que você pode pilotar sem licença

Avanços Paralelos na Aviação Elétrica

Além do Elysian E9X, outros avanços notáveis no campo da aviação elétrica estão emergindo. ZeroAvia e Eviation Aircraft Inc. anunciaram que pretendem certificar suas aeronaves elétricas em 2024.

ZeroAvia está focando no uso de células de combustível de hidrogênio para superar os limites das baterias, enquanto a Eviation está utilizando baterias de última geração para propulsão elétrica.

ZeroAvia já realizou voos de teste em uma aeronave Piper de seis lugares movida a hidrogênio e planeja escalar para aeronaves maiores. Por outro lado, a Eviation, com sede em Arlington, Washington, está desenvolvendo uma aeronave otimizada para propulsão elétrica.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | |

Sobre o Autor

Ana Paula Araújo
Ana Paula Araújo

Ana Paula Araújo escreve no Cultura Ambiental nas Escolas sobre meio ambiente, sustentabilidade, energias renováveis e suas implicações, veículos elétricos e as principais novidades do setor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *