Empresa de Pernambuco leva energia limpa para todo o país com a promessa de revolucionar o mercado renovável 

Escrito por Valdemar Medeiros

O Grupo Elétron Energy, empresa de energia limpa e gás natural de Pernambuco, está levando energia renovável para todo o Brasil, é sediado em Recife e conta com diversas filiais instaladas no país e no exterior. Em conjunto, suas operações comercializam 1.900 MWm por mês, possui gestão de mais de 600 unidades de consumo, três centrais hidrelétricas, 82 usinas fotovoltaicas, além da geração de energia por assinatura para milhares de consumidores residenciais.

Desde 2012, a empresa garante soluções inovadoras em energia limpa e foca sempre em gerar um futuro mais sustentável. O resultado de todo o trabalho realizado é que a Elétron Energy está, desde 2015, entre as mil maiores empresas do país e foi eleita como a melhor empresa de energia do Norte e Nordeste por quatro anos consecutivos.

Elétron Energy surge no meio de grandes demandas

André Cavalcanti é o empresário responsável pela fundação da Elétron Energy. Em 2011, aos 28 anos, André era sócio de uma empresa de projetos de geração de energia, onde começou a perceber uma demanda no mercado, pois quando os projetos eram finalizados, o cliente precisava de uma empresa que entrasse no processo de comercialização ou venda de energia excedente. Observando essa necessidade, Cavalcanti ajudou na instalação e operação da comercializadora de energia ao lado de seus sócios.

PARA VOCÊ:
Você sabe o que é reciclagem?

Leia também: Prefeitura de Niterói e UFF desenvolvem veleiro movido a energia solar e eólica

Entretanto, devido algumas diferenças de visão, André deixou a empresa e passou a trabalhar na criação de sua própria companhia em Pernambuco, chamando três industriais que eram seus clientes para compor o projeto. Os quatro, André como gestor e os demais como investidores, fundaram a Elétron Energy, que começou com uma consultoria no setor de energia e gás natural para indústrias.

Empresa decide atuar com energia renovável

A empresa de Pernambuco foi crescendo diante das grandes demandas dos primeiros clientes e, embora a equipe estivesse reduzida e com poucos recursos, foi se tornando uma referência no setor de energia no Nordeste. Em 2019, o grupo decidiu trazer um novo investidor e o fundo americano Alothon ofereceu aportes de US$ 30 milhões, dando fôlego para que o negócio continuasse se expandindo e crescendo no setor. 

PARA VOCÊ:
Finalizado e pronto para venda: Conheça o primeiro carro elétrico movido a energia solar do mundo

Com a entrada de um capital maior para atuar, a empresa de Pernambuco decidiu então construir um braço de geração de energia limpa, comprando sua primeira usina hidrelétrica no sul da Bahia. Era uma unidade que estava parada, foi reformada e a empresa a colocou para operar, gerando energia renovável. Como parte do esforço de se tornar uma empresa de geração de energia limpa, a Elétron também comprou a então “Juntos Energia”, que antes era chamada de Enercred, empresa voltada para o varejo e especializada na oferta de energia limpa para consumidores comerciais e residenciais. Esta compra gerou mais uma mudança estratégica no seu plano de negócio, tornando-a uma alternativa no mercado de energia limpa.

PARA VOCÊ:
iFood lança moto elétrica para entregadores

Elétron Energy gera empregos e renda

Atualmente, a Elétron Energy conta com unidades em São Paulo, Alagoas, Recife, Rio Grande do Norte, Manaus, Belém e João Pessoa, gerando empregos para aproximadamente 150 pessoas de forma direta e indireta.

A companhia também possui usinas solares em operação em Pernambuco e Minas Gerais e também está construindo mais 32 unidades em outros estados do Brasil.

É importante ressaltar que o grupo deixou de ser gestor e comercializador de energia e passou a ser uma empresa de soluções energéticas que pensa alternativas customizadas para seus clientes, gerando uma redução de mais de 20% nos custos com eletricidade.

Artigos relacionados