H2 HySe, Baseada na Ninja H2 SX, Kawasaki apresenta protótipo de moto a hidrogênio

Baseada na Ninja H2 SX, Kawasaki apresenta protótipo de moto a hidrogênio, a H2 HySe Foto: Web Bike World / Reprodução

A Kawasaki, conhecida por sua inovação e engenharia de ponta, deu um passo significativo no mundo das motocicletas com a introdução do seu mais recente protótipo, a H2 HySe, moto a hidrogênio.

Publicidade

O modelo H2 HySe, mais do que uma nova adição à renomada linha Kawasaki, representa um salto revolucionário no campo da mobilidade sustentável, com foco no uso de hidrogênio como combustível. O protótipo de uma moto a hidrogênio demonstra o compromisso da Kawasaki com a redução do impacto ambiental, e também estabelece um novo paradigma para o futuro das motocicletas.

Baseado no modelo H2 existente, a H2 HySe carrega um coração supercarregado de 999cc, semelhante ao de um motor típico movido a combustíveis fósseis. Este design inovador inclui panniers na parte traseira para armazenar cilindros extras de hidrogênio, uma característica distintiva que enfatiza sua fonte de energia alternativa.

Publicidade

Além de suas capacidades técnicas, o H2 HySe destaca-se pelo seu design único. Com um farol em forma de “H“, simbolizando tanto a “HySE” quanto sua fonte de combustível alternativa, a moto apresenta uma estética nova e carismática, diferindo das tradicionais motos Kawasaki.

Foto: Web Bike World / Reprodução

O hidrogênio oferece várias vantagens como fonte de energia para veículos

Em comparação com as baterias, ele carrega mais energia por peso, apesar de requerer mais espaço. Isso se traduz em reabastecimentos rápidos em estações de hidrogênio, embora estas ainda sejam limitadas em número. Além disso, o hidrogênio pode ser utilizado tanto em células de combustível para alimentar motores elétricos silenciosos quanto em motores de combustão modificados, permitindo a continuidade do som característico das motos em um futuro com zero emissões de carbono.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Transição energética sacode mercado de petróleo; O que esperar dos preços?

A Kawasaki não está sozinha nesta jornada rumo à sustentabilidade. O projeto HySE inclui colaborações com fabricantes japoneses importantes como Honda, Yamaha e Suzuki. Este projeto não se limita às motocicletas, mas também se estende a veículos como buggies movidos a hidrogênio, demonstrando a versatilidade do hidrogênio como fonte de energia limpa em diversas formas de mobilidade.

Embora muitos detalhes específicos da H2 HySe ainda permaneçam sob sigilo, esperamos que mais informações sejam reveladas à medida que a Kawasaki se aproxima da comercialização de motocicletas com motor a hidrogênio, prevista para o início de 2030, mas os testes devem começar ainda em 2024.

Publicidade
Foto: Web Bike World / Reprodução

A H2 HySe, moto a hidrogênio da Kawasaki representa um marco importante na busca por alternativas sustentáveis no mundo das motocicletas, posicionando-se como precursora em uma nova era de mobilidade ecológica.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | | |

Sobre o Autor

Ana Paula Araújo
Ana Paula Araújo

Ana Paula Araújo escreve no Cultura Ambiental nas Escolas sobre meio ambiente, sustentabilidade, energias renováveis e suas implicações, veículos elétricos e as principais novidades do setor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *