Juggernaut XD, a potente e-bike com motor de 2.300 watts, pronta para qualquer desafio de terreno

Juggernaut XD, a potente e-bike com motor de 2.300 watts, pronta para qualquer desafio de terreno Foto: Biktrix / Divulgação
Publicidade

A Biktrix, uma empresa canadense, apresenta uma série inovadora de bicicletas elétricas que ganham notoriedade devido ao seu robusto motor de 2.300 watts e um sistema duplo de correntes, garantindo resistência e durabilidade. A Juggernaut XD, com características típicas de bicicletas para off-road, é projetada para superar terrenos complexos, mantendo ao mesmo tempo a alta qualidade e a experiência agradável ao pilotar.

As e-bikes vêm equipadas com um motor excepcionalmente potente, entregando uma capacidade superior a 2300 watts, o que representa o dobro da eficiência comparado ao modelo Bafang Ultra. Este motor não só oferece um desempenho de reboque e carga impressionantes, mas também permite velocidades off-road superiores a 50 km/h.

Publicidade

Quanto à sua construção, a bicicleta se destaca pela durabilidade. Possui um protetor de corrente feito de uma liga resistente e tampas de proteção adicionais. Foi desenvolvida e submetida a testes rigorosos no Canadá, assegurando seu desempenho durante todo o ano.

Além disso, conta com um eixo de manivela feito de aço inoxidável de alta durabilidade e um núcleo de motor modular, que facilita a manutenção. A bicicleta é projetada para resistir à água, com plugues HIGO impermeáveis, assegurando maior proteção contra elementos naturais.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Romatlink lança e-bike dobrável, a Dolphin, que leva duas pessoas e com autonomia estimada de até 161 km por carga

Não é necessário se preocupar em trocar as marchas enquanto estiver aplicando força, pois a energia é fornecida instantaneamente à roda traseira, independentemente da velocidade do pedal ou da marcha em que você está

O sistema de transmissão, que conecta o motor à roda, funciona com uma relação de redução de 10:1, aperfeiçoado para proporcionar uma experiência de condução dinâmica e um controle exato. Além disso, o sistema XD se mantém silencioso graças ao Dynamic Tensioner.

A Juggernaut XD apresenta diversas especificações técnicas. Oferece cinco níveis de suporte, de 1 a 5, e é importante notar que quando utilizado com um sensor de cadência, o acelerador fornece sempre 100% de potência.

Publicidade

Sem este sensor, a potência do acelerador varia de acordo com o nível PAS escolhido. A assistência é opcionalmente controlada por um sensor de cadência. Quanto à bateria, ela é de 52V17.5Ah. Os freios são do tipo hidráulico com dois pistões da marca Tektro, com um rotor traseiro de 220 mm e um dianteiro de 180 mm.

Em relação ao preço no site oficial da Biktrix, a Juggernaut XD esta custando a partir de US$ 5.999 (aproximadamente R$ 29.995).

Pilotando com responsabilidade: As diretrizes de segurança para e-bikes

Quando se trata de segurança e regulamentações para bicicletas elétricas, há vários aspectos importantes a considerar. De acordo com a Resolução CONTRAN nº 996 de junho de 2023, as bicicletas elétricas devem ser equipadas com dispositivos específicos para garantir a segurança.

LEIA TAMBÉM:  Romatlink lança e-bike dobrável, a Dolphin, que leva duas pessoas e com autonomia estimada de até 161 km por carga

Estes incluem um indicador ou limitador eletrônico de velocidade, buzinas, sinalização noturna (dianteira, traseira, lateral e nos pedais), espelho retrovisor no lado esquerdo e pneus em condições mínimas de segurança.

Além disso, há regras específicas para a circulação dessas bicicletas em ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas, com limites de velocidade estabelecidos pelas autoridades locais. Para bicicletas elétricas usadas esportivamente, a velocidade máxima assistida é limitada a 45 km/h em vias arteriais, estradas e rodovias.

Ainda no contexto internacional, observa-se que as regulamentações e incentivos governamentais estão influenciando fortemente o mercado de bicicletas elétricas. Por exemplo, na Europa, o mercado de bicicletas elétricas de montanha (E-MTB) está crescendo devido a políticas favoráveis dos governos.

Iniciativas como incentivos financeiros para a aquisição de e-bikes em troca de veículos antigos e poluentes, como visto na França, estão impulsionando esse mercado. Essas regulamentações e incentivos refletem um interesse crescente em opções de transporte mais sustentáveis e saudáveis.

Portanto, ao considerar o uso de uma bicicleta elétrica, é essencial estar ciente dessas regulamentações e da necessidade de equipamentos de segurança adequados. Isso não só garante a conformidade com as leis locais, mas também promove uma experiência de pilotagem mais segura e responsável.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | |

Sobre o Autor

Ana Paula Araújo
Ana Paula Araújo

Ana Paula Araújo escreve no Cultura Ambiental nas Escolas sobre meio ambiente, sustentabilidade, energias renováveis e suas implicações, veículos elétricos e as principais novidades do setor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *