O Fiat Uno, um carro muito amado no Brasil, está retornando em 2024, mas vem como um moderno veículo elétrico e com o nome de um animal fofinho

O Fiat Uno, um carro muito amado no Brasil, está retornando em 2024, mas vem como um moderno veículo elétrico e com o nome de um animal fofinho Foto: Fiat / Divulgação

Em 2024, o icônico Fiat Uno retorna ao mercado automobilístico, mas com uma reviravolta: sob o nome Fiat Panda, este amado carro brasileiro renasce como um veículo totalmente elétrico.

Publicidade

O anúncio do retorno do Uno, agora renomeado como Fiat Panda, representa um marco significativo para os entusiastas de automóveis elétricos no Brasil e na Europa. Com sua descontinuação em 2022, o Uno deixou um legado de durabilidade e afeto entre os motoristas.

Agora, reimaginado como um carro elétrico de última geração, o Fiat Panda promete revolucionar o mercado com sua combinação de nostalgia e tecnologia de ponta.

Publicidade

Oliver François, CEO da montadora, revelou que a partir de 2024, todos os novos carros da marca na Europa serão elétricos, incluindo o Panda. Isso destaca o compromisso da empresa com a sustentabilidade e a inovação. A produção do Fiat Panda está programada para começar ainda em 2023, trazendo expectativas elevadas para os consumidores e especialistas do setor.

O Fiat Uno está retornando em 2024 como um moderno veículo elétrico
Foto: Fiat / Divulgação

Olivier François, anunciou ainda que o relançamento do Panda no mercado global está previsto para julho de 2024, coincidindo com o 125º aniversário da montadora italiana. A revelação do novo Panda em 11 de julho de 2024, representa não apenas uma celebração da rica história da empresa, mas também um passo em direção ao futuro da mobilidade sustentável​​​​.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Defeitos no Tesla Cybertruck: Atrasos e problemas impactam entregas

O Fiat Panda oferecerá opções personalizáveis, como cores, acabamentos internos e tamanho das baterias

O design do Fiat Panda será inspirado no conceito futurista Centoventi, oferecendo uma experiência de condução personalizada e avançada. A utilização da plataforma CMP, que também será usada na próxima versão do Citroën C3, assegura que o Panda terá uma base robusta e moderna.

Além disso, a possibilidade de personalizar cores, acabamentos internos e tamanho das baterias, com autonomias variando entre 100 e 500 km, ressalta o foco da Fiat na adaptabilidade e na preferência do consumidor.

Publicidade

Com foco na acessibilidade e funcionalidade, o Panda ressurge como um crossover de baixo custo, oferecendo uma alternativa acessível no crescente mercado de veículos elétricos e posicionando-se para competir com modelos como o Dacia Sandero​​.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *