Simpático carro-bolha de dois pode ser pequeno, mas já conta com uma fila de 30 mil pessoas no aguardo pela entrega

Escrito por Valdemar Medeiros

A fabricante Micro Mobility Systems, apresentou na última quinta-feira, 9, uma espécie de configurador online para os primeiros clientes do carro elétrico denominado Microlino fazerem suas próprias personalizações. Um simpático carrinho, ou melhor, carro-bolha de dois lugares, muito parecido com o famoso e brasileiro Romi-Isetta. Apesar de pequeno, já existe uma longa fila de 30 mil pessoas esperando para ter o carro-bolha Microlino.

Lançamento configurador do carro-bolha Microlino

O lançamento do configurador será de acordo com o anúncio feito sobre a primeira produção das primeiras unidades do Microlino, um carro totalmente pensado para casais e pequenas famílias urbanas.

Ao todo, são 230 litros de espaço no porta-malas e dois lugares. Este modelo se encaixa perfeitamente entre um carro normal e uma motocicleta, ocupando bem menos espaço que um carro normal, porém, com a mesma capacidade de armazenamento.

PARA VOCÊ:
Cientistas mantêm computador ligado por um ano com energia de algas

Leia: Itaú lança serviço de compartilhamento de carros elétricos no Brasil que custa apenas R$ 0,90/minuto

Apesar do tamanho, o Microlino possui um excelente desempenho. Com potência de 12,5 kW, o motor do pequeno carro elétrico consegue alcançar a uma velocidade máxima de 90 km/h, sendo consideravelmente suficiente para a maioria das pessoas em uma cidade grande, além de oferecer uma distância de até 230 km.

Segundo o fundador do carro-bolha, Oliver Ouboter, apesar dos desafios globais e dos preços recorrentes de alguns produtos, a empresa tem o grande prazer de apresentar um carro elétrico vendido à um preço bastante acessível.

Design moderno e bem elaborado

Segundo a Micro, o carro-bolha possui um tamanho menor, com um design adaptado ao compacto, que permite o uso de equipamentos menores.

Além do design compacto, consequentemente a bateria também é menor, com opções de 6, 10,5 ou 14 kWh. O carro-bolha fabricado em Turim, no norte da Itália, o Microlino também possui em torno de 90% de seus componentes fabricados na Europa, algo que ajuda muito a estabilizar a cadeia de suprimentos.

PARA VOCÊ:
Conheça a primeira usina de biodiesel do Brasil a utilizar transporte marítimo para concretizar cabotagem do combustível renovável

Ouboter abriu destaque ao falar que o carro-bolha Microlino é, muito provavelmente, o carro elétrico mais sustentável que existe nos dias atuais.

Preços de venda do carro-bolha Microlino

Após o lançamento oficial do configurador, a Micro agora está focada em funcionar para atender a todas as exigências e à demanda reprimida do carro-bolha Microlino.

A fabricante suíça iniciará com uma capacidade de produção em torno de 1.500 veículos, mas esse número, sem sombra de dúvidas, irá subir para 10.000 unidades em um futuro bem próximo. De acordo com a primeira tabela oficial de preços que foi divulgada na Suíça, o carro-bolha tem um valor nominal de 14.900 francos, que equivale à aproximadamente R$ 74.600 aqui no Brasil.

PARA VOCÊ:
Ford e BMW fecham parceria para produzir baterias de estado sólido e revolucionar o mercado de carros elétricos

A entrega dos carros aos clientes no país começará no segundo semestre desse ano (2022). A expectativa é que os pedidos na Alemanha e também na Itália sejam liberados até o final do ano.

Conheça a Micro Mobility Systems

No ano de 1999, Wim Ouboter teve a ideia de criar o primeiro kickscooter moderno, que foi projetado para ser uma solução de micromobilidade prática e sustentável.

Atualmente, a Micro Mobility está ativa em cerca de 80 países, com o comprometimento de lançar de 5 a 7 novos produtos por ano.

O lançamento da vez foi o carro-bolha Microlino, um carro elétrico que trás praticidade e melhor mobilidade ao dia a dia, além de ser sustentável e moderno.

Artigos relacionados