Militares dos EUA querem construir recifes falsos para proteger bases de tempestades

Escrito por Bruno Teles

Em uma decisão polêmica, uma base militar estadunidense está sendo construída na patagônia argentina, situada na província de Neuquén, que fica ao sul do país. Basicamente, a ideia busca criar recifes falsos para proteger as bases de tempestades. Atualmente, a decisão não é comentada pelo governo argentino.

Com fundos vindos do Comando Sul, uma unidade de operações militares  estadunidenses na América Latina e Caribe, a construção é estimada em cerca de US$1,4 milhões e possui uma construção silenciosa, sem alardes midiáticos. Assim, o projeto foi intitulado como “Centro de Operações e Coordenação para Emergências”.

PARA VOCÊ:
Conheça a Oxagon, cidade flutuante de oito lados que será construíra na Arábia Saudita

Basicamente, o projeto foi definido pelo governo dos EUA como uma “base para ajuda comunitária.” Assim, segundo eles, a construção é um pedido do governo de Neuquén, que busca albergar membros e outras afinidades da Defesa Civil, além de outros corpos, a fim de evitar tempestades e desastres naturais.

tempestades
Reprodução: divulgação

Veja também: Os principais causadores da poluição ambiental na atualidade

Como os recifes falsos podem ajudar a evitar tempestades?

Primeiramente, em um comunicado oficial, o governo da província apontou que o projeto está nos padrões do programa de Assistência Humanitária e Resposta a Desastres, que faz parte do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Anteriormente, ele foi conhecido por oferecer ajuda humanitária ao Haiti.

PARA VOCÊ:
Conheça a primeira usina de biodiesel do Brasil a utilizar transporte marítimo para concretizar cabotagem do combustível renovável

Entretanto, existe uma resistência da população local à construção do projeto. Isso porque o Ministério da Defesa local negou que tenha qualquer relação com a construção dessa base militar no país. Ademais, a iniciativa não é atual e, em outros momentos, precisou ser postergada devido a resistência do país latino.

Inclusive, em 2012, uma tentativa estadunidense de instalar bases militares no país foi um fiasco. Isso porque a repulsa popular e o repúdio de algumas autoridades locais, demonstraram descontentamento com a construção da base militar estadunidense que busca proteger agentes de tempestades no local.

PARA VOCÊ:
Carro voador elétrico da Embraer - Entenda o conceito por trás do eVTOL

Por fim, podemos dizer que isso acontece devido a questões políticas e econômicas. Isso porque a instalação destas bases coincide com a presença de diversos recursos na região, especialmente de água doce e minerais. Portanto, vamos precisar aguardar qual será a resposta da população dessa vez.

Artigos relacionados