Bicicleta elétrica “parruda” promete puxar um trailer graças a seu motor potente e ainda tem autonomia de até 75 km por recarga

Bicicleta elétrica “parruda” promete puxar um trailer graças a seu motor potente e ainda tem autonomia de até 75 km por recarga Fonte: Divulgação/Engwe

A M20 é o mais recente modelo de bicicleta elétrica parruda da fabricante chinesa Engwe. As motos “Cafe Racer” serviram de modelo para o novo conceito, que possui uma quantidade significativa de potência.

Publicidade

O mais recente veículo de duas rodas da empresa chinesa Engwe chama-se M20, trata-se de uma bicicleta elétrica super potente. O surgimento da “Cafe Racer”, uma categoria de motos de corrida de grande sucesso na década de 1960, serviu de inspiração para o design da bicicleta elétrica parruda, que promete muita potência e afirma se diferenciar da concorrência por ser mais acessível na carteira do consumidor.

De cara, é uma boa surpresa que tanto a suspensão dianteira quanto a traseira estejam incluídas, já que esse recurso é incomum em bicicletas elétricas com preços mais baixos.

Publicidade

Este par de pneus maiores, com espessura de 10 centímetros, é indicado para quem busca pedaladas mais emocionantes e mais confortáveis no asfalto e na terra. O pneu maior também dá maior área de contato com a superfície, o que possibilita rodar com a bicicleta elétrica parruda em diferentes superfícies, como neve e areia na praia.

LEIA TAMBÉM:  Revolution W: A revolução das bicicletas elétricas para militares

A bicicleta elétrica parruda da Engwe tem um motor de 750 watts que lhe permite atingir velocidades de até 45 km/h

O M20 também não fica aquém no quesito energia, o que é uma vantagem. A bicicleta elétrica tem um motor de 750 watts montado na roda traseira, o que lhe permite atingir velocidades de até 45 quilômetros por hora. Segundo o fabricante, o sistema é capaz de atingir potências de pico de até 1.000 W.

Publicidade

Segundo a Autoevolution, o sistema de transmissão possui 7 marchas e foi fabricado pela Shimano. Os freios são mecânicos e contam com rotores de 160 mm, característica que ficou em segundo lugar entre os rivais.

Outro ponto positivo é o alcance potencial da bateria de até 75 quilômetros, o que é suficiente para fazer as rondas na cidade diariamente com sua bicicleta elétrica super parruda, bem como para excursões de fim de semana. 

Publicidade

Uma bateria com capacidade de 13 Ah é o que torna isso viável, além disso, uma unidade extra pode ser montada no tubo superior, dobrando o alcance da e-bike.

O valor pode ser um fator decisivo na hora de comprar uma bicicleta elétrica, já que esta área de mercado é a mais competitiva. A bicicleta elétrica parruda da Engwe pode ser adquirida nos Estados Unidos ao preço de US$ 1.600, o que equivale a R$ 8.416 pela taxa de conversão atual.

LEIA TAMBÉM:  Revolution W: A revolução das bicicletas elétricas para militares

No entanto, na América, o preço do veículo elétrico é quase US$ 340 a mais do que o salário mínimo médio no país, que é de US$ 1.256,70. Quando se fala em nossa moeda, o preço não parece ser muito animador. A fabricante, no entanto, ainda não informou quando irá comercializá-la no Brasil.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *