Carne de frango de laboratório é aprovada para consumo humano pela primeira vez nos EUA e será disponibilizada em breve

Departamento de Agricultura dos EUA confirmou que a Good Meat atendeu todas as exigências, e autorizou a venda de carne de frango cultivada.

Carne de frango de laboratório é aprovada para consumo humano pela primeira vez nos EUA e será disponibilizada em breve Fonte: New Hope Network (https://www.newhope.com/sites/newhope360.com/files/cultured-meat-lab_0.jpg)
Publicidade

Nos Estados Unidos, a Good Meat, uma subdivisão da empresa de tecnologia alimentar Eat Just, Inc., conquistou um marco histórico. Depois de receber luz verde em Cingapura no final de 2020, a carne de frango cultivada em laboratório da empresa acaba de ser aprovada para venda nos EUA, com estreia planejada em um estabelecimento de Washington, DC.

Superação de barreiras regulatórias

No último dia 21 de junho, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) confirmou que a Good Meat atendeu a todas as exigências, concedendo autorização para a venda de seu produto inovador em todo o território americano. Essa aprovação segue-se à validação da Food and Drug Administration (FDA) dos EUA que foi obtida quatro meses antes. Com o aval da USDA, a Good Meat agora se enquadra na Lei Federal de Inspeção de Carne e será monitorada pela agência de Serviços de Inspeção e Segurança Alimentar, uma vez que seus produtos são considerados seguros para consumo.

Publicidade

O processo de produção da carne de frango de laboratório

A Good Meat produz sua carne cultivada utilizando um processo tecnologicamente avançado. Inicialmente, as células são coletadas de ovos ou animais vivos através de um procedimento que não causa dor. Essas células são posteriormente “imortalizadas”, permitindo que se dividam indefinidamente e produzam mais carne sem a necessidade de novos suprimentos.

LEIA TAMBÉM:  Robôs humanoides com expressões faciais: A nova fronteira da tecnologia

A próxima etapa envolve nutrir essas células em um biorreator, mantido na temperatura adequada, onde crescem e se desenvolvem. O processo de colheita da carne acontece entre quatro a seis semanas depois.

Publicidade

Ainda não foi divulgado onde a carne de frango cultivada será oferecida primeiro

Embora o local exato onde o frango de laboratório será disponibilizado inicialmente ainda seja mantido em segredo, a Good Meat revelou que sua primeira remessa será entregue ao renomado chef e humanitário José Andrés. Ele planeja servir a carne inovadora em um de seus restaurantes em Washington, DC. Apesar de Andrés ser proprietário de nove estabelecimentos na capital, desde restaurantes sofisticados até um food truck.

O cenário americano pode em breve seguir o exemplo de Cingapura, onde o frango cultivado em laboratório já se tornou um item comum, desde barracas de comida de rua a restaurantes de alta gastronomia.

Publicidade

Bruce Friedrich, presidente do The Good Food Institute, um think tank sem fins lucrativos dedicado a fontes alternativas de proteínas, declarou: “Os americanos estão agora mais próximos de consumir a carne que adoram, produzida de uma forma que requer muito menos terra e água do que a carne convencional. À medida que nos adaptamos a um futuro com demanda crescente por carne, é vital que governos em todo o mundo considerem a carne cultivada como uma solução que atende às preferências do consumidor, apoia as metas climáticas e garante a segurança alimentar para as futuras gerações”.

LEIA TAMBÉM:  Internet da Amazon via satélite: Projeto Kuiper está prestes a revolucionar a conectividade
Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *