Conheça o eCopter, o novo táxi aéreo elétrico e econômico, que promete viagens acessíveis

Conheça o eCopter, o novo táxi aéreo elétrico e econômico, que promete viagens acessíveis Foto: Olhar Digital / Reprodução
Publicidade

O eCopter, desenvolvido pela startup austríaca FlyNow Aviation, é uma inovação significativa no campo dos táxis aéreos elétricos. Este veículo vertical de decolagem e pouso (eVTOL) destaca-se dos tradicionais táxis aéreos por sua abordagem simplificada e econômica.

O design do novo táxi aéreo é inspirado em helicópteros, utilizando um sistema de transmissão elétrica coaxial com duas hélices de rotor contrarrotativas. Essa característica não só diferencia o eCopter dos modelos mais comuns de táxis aéreos, que se assemelham a drones ampliados, mas também facilita sua classificação e certificação pela Agência de Segurança da Aviação da União Europeia.

Publicidade

Com menos partes móveis e hardware em geral, o eCopter é mais leve, menos complexo e, consequentemente, menos custoso para construir, comprar e operar. Além disso, espera-se que ele ofereça uma melhor autonomia de bateria comparada aos modelos concorrentes.

O eCopter promete um alcance de voo de até 50 km com uma única carga de bateria, velocidade de cruzeiro de 130 km/h e capacidade de carga útil de 200 kg

Seu sistema de piloto automático é projetado para voar de um local para outro com base em padrões de voo pré-programados, além de ser capaz de evitar colisões automaticamente com outros aeronaves ou grandes aves.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Qual a vida útil da bateria de um veículo elétrico?

A produção comercial do eCopter está planejada para começar em 2026, com a versão de carga sendo produzida primeiro devido à facilidade de licenciamento. Seguirão as versões para um e dois passageiros. A FlyNow Aviation planeja oferecer um eCopter adaptável com uma fuselagem de base modular, o que reduz os custos de design e fabricação. A expectativa é que o custo de viagem no eCopter seja comparável ao de um táxi convencional para a mesma distância.

O eCopter da FlyNow Aviation representa um avanço significativo no campo dos táxis aéreos elétricos, combinando um design inovador com eficiência, economia e segurança. Sua capacidade de oferecer transporte aéreo urbano acessível e sustentável tem o potencial de transformar a maneira como nos movemos nas cidades. Com a expectativa de lançamento em 2026, o mundo aguarda ansiosamente para ver como o eCopter se integrará ao ecossistema de mobilidade urbana.

Publicidade

Avanço aéreo: Empresas de mobilidade urbana e eVTOLs rumo ao futuro do transporte

A Overair, com sede em Santa Ana, Califórnia, é uma empresa de destaque no campo da mobilidade aérea urbana (UAM) e dos veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (eVTOL). Eles desenvolveram o eVTOL Butterfly, um veículo projetado para transportar até cinco passageiros mais um piloto, ou até mais de 490 kg de carga.

Usando células de bateria disponíveis comercialmente, o Butterfly tem como objetivo alcançar uma velocidade máxima de 200 mph (aproximadamente 321,87 km/h) e uma autonomia de cerca de 160 km por carga.

LEIA TAMBÉM:  Qual a vida útil da bateria de um veículo elétrico?

A Overair planeja iniciar as operações comerciais do Butterfly eVTOL em 2026. Este desenvolvimento representa um passo significativo na direção de um transporte urbano mais ágil e menos congestionado.

Além da Overair, outras empresas estão fazendo avanços significativos na área de mobilidade aérea urbana e eVTOLs. Cada uma dessas empresas está explorando diferentes tecnologias e abordagens para tornar o transporte aéreo urbano uma realidade prática e acessível no futuro próximo.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | |

Sobre o Autor

Ana Paula Araújo
Ana Paula Araújo

Ana Paula Araújo escreve no Cultura Ambiental nas Escolas sobre meio ambiente, sustentabilidade, energias renováveis e suas implicações, veículos elétricos e as principais novidades do setor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *