Empresa quer construir cinco projetos de energia eólica offshore em estados brasileiros

Escrito por Valdemar Medeiros

A Corio Generation, empresa do Green Investment Group, construirá 5 projetos destinados à geração de energia eólica offshore aqui no Brasil, com capacidade total de 5 gigawatts (GW). Os projetos da Corio estão sendo desenvolvidos em parceria com a Servtec, uma empresa brasileira de energia.

Corio Generation investe em projetos de geração de energia eólica offshore

O anúncio sobre o investimento foi feito na manhã do dia 13 deste mês, marcando a entrada da Corio no continente americano. Atualmente a empresa opera principalmente em países da Europa e Ásia. Com o investimento nos projetos para o Brasil, o portfólio global da Corio ultrapassará 20 GW.

Segundo informações da pela vice-presidente do grupo, Sharn Ward, as boas condições do Brasil para implantar projetos desse tipo foram peça-chave para que a Corio tivesse interesse no país, já que as condições aqui são muito favoráveis, devido à larga costa marítima e os ventos fortes em águas rasas.

PARA VOCÊ:
Muito dinheiro e pouca sustentabilidade: Entenda os motivos pelos quais as criptomoedas poluem o meio ambiente

A vice-presidente da Corio destacou ainda que viu diversas declarações positivas do governo sobre o crescimento desse recurso e o papel que ele pode ter ao integrar a parte de eletricidade no Brasil.

Valores de investimento

Devido ao fato de não existirem parques eólicos offshore em operação no Brasil, o governo ainda está discutindo a regulamentação do setor. De acordo com Ward, ainda não foi possível calcular o valor total do investimento que a Corio efetuará, porém, uma lei publicada este ano pelo Governo Federal do Brasil que marca o início das negociações sobre um marco regulatório, já possibilitou que os projetos fossem anunciados.

PARA VOCÊ:
Startup passa a transformar motos a gasolina em veículos elétricos e sustentáveis

Leia: Muito dinheiro e pouca sustentabilidade: Entenda os motivos pelos quais as criptomoedas poluem o meio ambiente

Ward disse ainda que, apesar de a empresa não ter calculado ainda o valor necessário para realizar o investimento, farão isso à medida que as regulamentações forem progredindo.

A executiva da Corio também falou sobre a necessidade de que o marco regulatório setorial no Brasil possa especificar os requisitos para o desenvolvimento de parques de energia eólica offshore no país e os objetivos que o governo brasileiro quer alcançar, de fato.

Quantidade de parques eólicos offshore que serão implantados no Brasil

No total, a Corio Generation e Servtec Energia desenvolverão 5 parques, sendo um no litoral do Ceará, outro no Espírito Santo e mais 3 no Rio Grande do Sul, com capacidade instalada de 500 megawatts (MW) a 1,2 GW cada.

PARA VOCÊ:
O vidro é reciclável? Como acontece a reciclagem do vidro

Ambas empresas estão analisando essas oportunidades em conjunto há cerca de 18 meses e já apresentaram os seus primeiros trabalhos junto à documentação para a obtenção de licença ambiental dos projetos no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais, o IBAMA.

O presidente internacional da Corio Generation, Jonathan Cole, por um comunicado, disse que o Brasil é bastante abençoado por ter vastos recursos eólicos ao longo de sua costa marítima brasileira, algo que lhe garante uma nova e efetiva fonte de energia limpa, confiável e muito acessível.

Cole disse ainda que a empresa vê um grande potencial para explorar o poder marítimo das águas brasileiras, fazendo com quem novos empregos considerados verdes sejam gerados, além de proporcionar mais investimentos na economia do país.

Artigos relacionados