Modelagem de luz para colocação de painéis solares em ambientes urbanos

Escrito por Bruno Teles

Primeiramente, os painéis solares se mostraram uma boa opção para a humanidade. Entretanto, a interação pode ser complicada, pois, requer configurações adaptadas a geometria das cidades, que fornecem a luz solar diretamente para cada painel.

Atualmente, o custo dos painéis solares caiu bruscamente. Sendo assim, a combinação de preservação ambiental e viabilidade econômica, fez com que os países solares fossem instalados em projetos maiores e mais robustos. Além disso, construções modernas já visam a sua instalação desde a sua concepção.

A princípio, painéis solares são instalados em grandes espaços abertos, para poder absorver o máximo de luz solar possível. Assim, quando as cidades se expandem, a necessidade por energia torna necessário a instalação de mais painéis solares, para suprir a demanda de energia que surge.

PARA VOCÊ:
Os painéis solares atraem raios?
painéis solares
Painéis solares (Reprodução: divulgação)

Os painéis solares são a melhor solução para os ambientes urbanos?

Em geral, a instalação de painéis nas cidades requer uma configuração adaptada à geometria do local. Neste sentido, para uma melhor configuração, existe a modelagem de sombras, que possibilita a criação de diversos cenários, em uma realidade que não pode ser medida fisicamente.

Dessa forma, essa tecnologia possibilita além da instalação de painéis, a medição dos níveis de luz para a agricultura e a medição de níveis de calor para projetar edifícios. Basicamente, esse tipo de modelagem simula uma paisagem urbana em um mecanismo de modelagem 3D.

PARA VOCÊ:
Prefeitura de Niterói e UFF desenvolvem veleiro movido a energia solar e eólica

Nesta perspectiva, os engenheiros encontram áreas com o menor número de sombra, sendo possível adaptar o ângulo e o posicionamento de cada painel solar. Logo, é mais fácil captar a maior quantidade de luz solar, devido a sua instalação estratégica.

Sendo assim, a pesquisa foi liderada por Andrés Arias-Rosales e Philip LeDuc, da Universidade Carnegie Mellon, e estudou diversas abordagens para modelagem de vigas para construção. Inclusive, os resultados da pesquisa foram publicados na revista Renewable and Sustainable Energy Reviews.

Logo, o artigo tem como missão combinar o conceito biológico da teoria dos enxames — algo como as formigas, que possuam um comportamento diferente em grupo — com a necessidade de painéis solares nas cidades, devido à alta demanda por conta da população em geral.

PARA VOCÊ:
Equatorial Pará dá desconto na conta de energia através da reciclagem

Por fim, devemos dizer que estas práticas não são aplicáveis somente aos painéis solares. No futuro, é possível que elas sejam utilizadas em outras aplicações, como modelagem de temperatura para projetos ambientais conscientes, além de projetar edifícios para serem atingidos por pouca luz solar direta.

Artigos relacionados