Ferrari vai lançar seu primeiro carro 100% elétrico com som digitalizado para substituir o ronco do motor a combustão

Ferrari vai lançar seu primeiro carro 100% elétrico com som digitalizado para substituir o ronco do motor a combustão Fonte: Ferrari/Divulgação

A expectativa é que a revelação oficial do primeiro carro 100% elétrico da Ferrari ocorra em 2025 e a disponibilidade para venda está planejada para o ano seguinte.

Publicidade

Com a aceleração da transição global para os veículos elétricos, marcas tradicionalmente conhecidas por seus motores potentes alimentados a gasolina estão buscando formas de se reinventar. Nesse contexto, a Ferrari, prestigiada fabricante italiana de carros de alto desempenho, está preparando o lançamento do seu primeiro carro 100% elétrico, que deve ser lançado comercialmente em 2026.

Benedetto Vigna, o líder da Ferrari, anunciou recentemente a estratégia da empresa para enfrentar o inevitável avanço rumo à eletrificação. Embora a implementação de tecnologia elétrica em um veículo não represente um desafio técnico significativo, Vigna ressaltou que a principal dificuldade está em garantir que a experiência de condução proporcione a mesma emoção e satisfação que um veículo esportivo tradicional da Ferrari.

Publicidade

Apesar da perda do rugido tradicional, o carro 100% elétrico da Ferrari vai oferecer uma solução inovadora. Um sistema de som digitalizado substituirá o ronco do motor a combustão, imitando as nuances da experiência de condução de um veículo Ferrari convencional.

LEIA TAMBÉM:  Volvo EX30: Conheça o novo elétrico da Volvo a partir de R$ 229.950

Ferrari que entrar na era da eletrificação sem perder sua identidade

A expectativa é que a revelação oficial do primeiro carro 100% elétrico da Ferrari ocorra em 2025, com a disponibilização para venda planejada para o ano seguinte. Apesar da transição para o elétrico representar um passo audacioso para a Ferrari, conhecida por seus motores de combustão que rugem poderosamente, a marca está focada em preservar a experiência única de condução que é fundamental para sua identidade.

Publicidade

Vigna acredita que a atenção excessiva à tecnologia elétrica não deve ofuscar a necessidade de manter a percepção do cliente no centro de tudo. Para a Ferrari, a questão crucial é como imitar a sinfonia de sensações que definem a condução de um de seus carros – as acelerações laterais e longitudinais, o som do motor, as trocas de marcha e a frenagem. A principal tarefa é transferir todas essas características para o contexto de um veículo elétrico.

Enquanto a Ferrari já possui modelos híbridos em seu portfólio, como o 296 GTB e o SF90 Stradale, o avanço para a eletrificação total ainda é cauteloso. A empresa projeta que até 2026, 55% dos seus modelos serão híbridos plug-in, enquanto apenas 5% serão totalmente elétricos. A estreia do carro elétrico é um passo importante nessa jornada, marcando o início de uma nova era para a marca.

Publicidade

Conheça a trajetória da Ferrari

Em 1939, Enzo Ferrari estabeleceu uma empresa automobilística distinta e opulenta que acumulou notoriedade mundial. Originalmente criada como uma equipe de corrida chamada Scuderia Ferrari, a organização rapidamente expandiu seu foco para incluir a produção de carros de rua no ano de 1947. A Ferrari, com sede na região de Maranello, na Itália, é especializada na fabricação de veículos de luxo de alta velocidade identificados por sua marca registrada de tonalidade vermelha. Além disso, a marca manteve seu domínio no mundo das corridas de Fórmula 1, como a equipe mais talentosa e duradoura nas crônicas do esporte.

LEIA TAMBÉM:  Volvo EX30: Conheça o novo elétrico da Volvo a partir de R$ 229.950

Apesar de muitas montadoras mudarem para a produção de carros híbridos e elétricos, a Ferrari manteve seu foco principal na produção de carros esportivos de motor a combustão, até o momento. Os carros da Ferrari são famosos por sua engenharia excepcional, design distinto e desempenho de alto nível. A marca é sinônimo de luxo e exclusividade, com muitos de seus modelos se tornando itens de colecionador valiosos. A Ferrari continua a inovar, com a melhoria do desempenho e a exploração de novas tecnologias, como os carros elétricos, por exemplo.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *