Ford e BMW fecham parceria para produzir baterias de estado sólido e revolucionar o mercado de carros elétricos

Escrito por Valdemar Medeiros

A empresa, gerada pela parceria da BMW e Ford, desenvolvedora americana Solid Power, anunciou desde segunda-feira (6), a conclusão de sua linha de produção piloto para baterias de estado sólido para carros elétricos. A empresa, em primeiro momento, fará testes internos antes da entrega das primeiras células às montadoras.

A empresa tem como objetivo concluir os testes no final deste ano. De acordo com o CEO Doug Campbell, a instalação da linha piloto de células permitirá que a empresa possa produzir unidades na escala necessária para começar o processo formal de qualificação automotiva.

BMW e Ford não planejam ser fabricante de baterias em massa

De acordo com a Solid Power, a linha piloto possui capacidade para a produção de até 300 baterias de estado sólido para carros elétricos por semana, o que equivale a aproximadamente 15 mil anuais.

Grande parte delas irá para o setor de carros elétricos. De acordo com o diretor de operações da empresa, Derek Johnson, com a linha piloto instalada, o próximo desafio da empresa é começar a produção em escala e desenvolver células que possam atender aos desafios essenciais para que seja possível entrar na qualificação automotiva ainda este ano.

PARA VOCÊ:
Geração de energia eólica bate recorde no Nordeste

Leia: Estado de Alagoas da inicio a projeto que transforma gás metano de aterros sanitários em energia elétrica

Entretanto, a empresa gerada pela parceria entre a BMW e a Ford não tem planos de se tornar uma produtora de células em massa. Em vez disso, a empresa americana está à procura de um parceiro que possa tornar viável a produção em massa de baterias de estado sólido para carros elétricos.

De acordo com Campbell, um dos nomes que estão na lista de parceiras é a companhia sul-coreana SK Innovation, que inclusive também possui uma parceria com a montadora Ford. De acordo com o executivo a empresa está em um espaço de muitos players proeminentes e confiáveis.

PARA VOCÊ:
São Paulo ganha passarela verde feita de plantas sobre a rodovia para reduzir mortes de animais

Baterias de estado sólido podem popularizar os carros elétricos

Os grandes benefícios das baterias de estado sólido em relação às de íon de lítio, atualmente padrões no mercado de veículos, são o melhor desempenho, a maior vida útil e também a maior densidade, ou seja, a quantidade de energia armazenada por unidade de peso dentro do componente.

Isso tornaria o design dos carros elétricos ainda mais flexível, tendo em vista que, atualmente, para se ter um alcance capaz de andar na estrada, os veículos necessitam basicamente de todo o chassi tomado por baterias, favorecendo o formato SUV, mas não compactos ou esportivos baixos.

São baterias também que custam menos para a produção, o que geraria um impacto direto no valor dos carros elétricos médios para os consumidores.

Hoje, nos Estados Unidos, o modelo a bateria mais barato é o Chevrolet Bolt, que está na casa dos US$ 5 mil, apenas porque a GM disponibilizou um grande desconto para o modelo. Atualmente, o carro elétrico mais barato do Brasil é o Renault Kwid E-Tech, que custa algo em torno de R$ 142 mil.

PARA VOCÊ:
Veja como você pode ajudar a moldar as casas sustentáveis ​​do futuro

BMW e Ford investem US$ 130 milhões em baterias de estado sólido

As novas baterias também não geram nenhum risco de incêndio em comparação com as baterias líquidas atuais, que possuem um material facilmente combustível, podendo levar a acidentes e gerando receio aos motoristas.

E ainda é possível que as baterias de estado líquido possam ter uma recarga mais rápida, indo a 80% de recarga total em apenas 15 minutos. É por estes benefícios que a BMW e a Ford estão investindo aproximadamente US$ 130 milhões (cerca de R$ 630 milhões) em sua empresa.

Artigos relacionados