NASA vai iniciar exploração em planeta que chove lava e é vizinho da terra

Escrito por Valdemar Medeiros

A NASA começará a explorar um planeta que se parece muito com o Planeta Terra. Mesmo que o planeta vizinho tenha características semelhantes à nossa Terra, há uma certa diferença entre eles, que é, no mínimo, bem rara e totalmente incomum por aqui.

Planeta semelhante à Terra será explorado pela NASA

Essa diferença entre os dois planetas foi bem enfatizada porque os cientistas acreditam que neste planeta há uma chuva bem diferente da que conhecemos: a chuva lá é de lava!

Mas para isso ser provado, é preciso considerar que existe uma “nova terra”, mesmo que não seja tão nova assim. Porém, somente após estudos e explorações é que poderemos saber o que acontece de fato por lá.

De qualquer modo, essa será mais uma das questões que possivelmente entrarão no hall de descobertas interplanetárias da NASA.

Cientistas já estão se preparando para dar início as explorações no novo planeta que chove lava

Os cientistas da NASA agora possuem o objetivo de realizar estudos sobre o novo planeta que chove lava, nomeado de 55 Cranci. Os próximos passos a partir de agora é se preparar para começar a explorar o planeta 55 Cranci, tendo como auxílio visual o mais poderoso e tecnológico instrumento de pesquisa da NASA: o telescópio James Webb, e com ele a NASA conhecerá melhor o planeta vizinho.

PARA VOCÊ:
Montes de escória da siderurgia podem absorver CO2 e combater as mudanças climáticas

Segundo a NASA, o planeta está perto da Terra e possui as mesmas características do nosso planeta — exceto pela diferença já citada (chove lava), porém, é de chamar a atenção de todos, sejam cientistas ou não. De fato, todo esse visual especial e peculiar do novo planeta se dá às chuvas de lava no exoplaneta 55 Cranci.

Imperdível: Cientistas descobrem enzima artificial que é promessa significativa para desenvolvimento de  um novo tipo de energia renovável além da solar, eólica e biomassa 

Ele é chamado exoplaneta pelo fato de estar fora do sistema solar, possuindo uma órbita de 40 anos-luz. E por falar em anos-luz, mesmo que pareça algo muito distante, mas saiba que é possível observar o 55 Cranci a olho nu, no alto do céu, na constelação de Câncer. Por isso, esse exoplaneta acaba sendo de interesse mundial, para se ter mais conhecimento a respeito do mesmo.

PARA VOCÊ:
Militares dos EUA querem construir recifes falsos para proteger bases de tempestades

Redes sociais não param de falar sobre planeta que chove lava e é semelhante à Terra

Nos últimos dias alguns ‘tweets’ sobre as características do 55 Cranci aumentaram nas mídias sociais, viralizando totalmente a notícia de que há um planeta que chove lava muito parecido com a Terra. No entanto, o 55 Cranci não é algo que acabou de ser descoberto, afinal, os astrofísicos o viram pela primeira vez em 2004.

Fatos interessantes sobre o 55 Cranci

  • Conforme a NASA, o planeta 55 Cranci está muito próximo de sua estrela, sendo a apenas 2,4 milhões de quilômetros, e é justamente por isso que o mesmo está tão quente;
  • Mesmo que apresente feições rochosas, com todo esse calor, no 55 Cranci quaisquer minerais poderão ultrapassar seu ponto de fusão. Por isso, os cientistas acreditam que o exoplaneta é um vasto mar de lava;
  • O ano em 55 Cranci dura apenas 18 horas;
  • Até pouco tempo, os cientistas pensavam que o 55 Cranci não realizava movimento de rotação, por ele estar muito perto de sua estrela.
PARA VOCÊ:
Brasil utiliza mais carros elétricos pensando em combater a alta dos combustíveis fósseis

Através desse estudo prévio, a NASA conseguiu apontar que a parte mais quente do 55 Cranci não fica em um lugar muito exposto à luz, sendo contraditório. Então, resta aguardar o relatório dos próximos passos da NASA.

Artigos relacionados