[Vídeo] Novo carro elétrico voador faz voo teste, veículo possui uma autonomia de 320 quilômetros

Os carros elétricos voadores estão ganhando terreno de maneira impressionante, principalmente em países de primeiro mundo como os EUA.

Novo carro elétrico voador faz voo teste, veículo possui uma autonomia de 320 quilômetros Fonte: Reprodução / Doroni Aerospace, Inc.
Publicidade

O futurístico conceito de veículos voadores, que antes só parecia possível em tramas de ficção científica, está gradualmente se tornando uma parte tangível de nossa realidade. Esta semana, os Estados Unidos testemunharam o voo teste bem-sucedido de mais um carro elétrico voador, um evento que sinaliza uma revolução emocionante para a indústria automobilística.

A ascensão dos veículos elétricos voadores

Os veículos voadores elétricos estão ganhando terreno de maneira impressionante, principalmente em países de primeiro mundo como os EUA. Recentemente, a Alef Aeronautics, uma inovadora empresa da Califórnia, apresentou ao público seu pioneiro carro voador totalmente elétrico, chamado “Modelo A”. Este revolucionário veículo aéreo é o primeiro de seu tipo a receber sinal verde do governo americano para alçar voo.

Publicidade

A Alef Aeronautics revelou que o Modelo A possui uma autonomia de 320 Km. A companhia acumulou mais de 440 encomendas do seu veículo voador elétrico, avaliado em 300 mil dólares, em um período de três meses.

Tim Draper, um dos primeiros investidores da Tesla e um respeitado capitalista de risco, contribuiu com 3 milhões de dólares em capital inicial para dar impulso ao projeto, tornando-se um investidor precursor. A produção do Modelo A está prevista para iniciar no final de 2025, com as entregas a seguir logo em seguida.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Qual a vida útil da bateria de um veículo elétrico?

Por outro lado, na costa leste dos Estados Unidos, a Doroni Aerospace, com sede em Miami, está seguindo seu próprio caminho. Na semana passada, o CEO da empresa, Doron Merdinger, tornou-se um dos primeiros a pilotar com sucesso um eVTOL (aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical) de dois lugares nos EUA.

Vídeo mostra carro elétrico voador da Doroni Aerospace realizando seu primeiro voo

O futuro dos veículos elétricos voadores

Merdinger descreveu o teste como a experiência de “flutuar em um colchão de ar, experimentando um nível de liberdade e emoção sem igual”. Ele também afirmou, “Este é apenas o começo para nós”. Em entrevista ao Bloomberg Businessweek Podcast, Merdinger compartilhou detalhes sobre seu eVTOL de dois lugares, seu funcionamento e possíveis usos futuros.

Publicidade

Contrariando as imagens futuristas retratadas em filmes de ficção científica, que frequentemente imaginam veículos voadores alimentados por motores a jato, a abordagem da Doroni envolve hélices totalmente elétricas e tecnologia semi-autônoma. O eVTOL da Doroni possui um total de dez motores elétricos. Quatro dutos contêm dois e-motores cada, equipados com hélices patenteadas, sendo oito deles destinados ao voo vertical e dois adicionais atuando como propulsores para um voo eficiente.

Simplicidade e eficiência na experiência de voo em um veículo elétrico voador

O sistema é fácil de operar, com recursos semi-autônomos para guiar o veículo em diversos níveis. Há uma alavanca de controle que pode ser movida para frente, para trás ou para os lados. Segundo o site da Doroni, o eVTOL tem 7 metros de comprimento, 4,5 metros de largura e 1,6 metro de altura, pesando aproximadamente 750 kg. Além disso, o veículo pode atingir uma velocidade máxima de 225 km/h e sua bateria recarrega de 20% a 80% em menos de 20 minutos.

LEIA TAMBÉM:  Qual a vida útil da bateria de um veículo elétrico?

Merdinger revelou que a empresa já recebeu mais de 300 pedidos e planeja iniciar as entregas até 2025. Um dos clientes, por exemplo, é um médico que pretende usar o eVTOL para se deslocar ao trabalho, driblando o trânsito.

Para pilotar a aeronave elétrica, será necessário obter uma certificação. Atualmente, exige-se pelo menos 20 horas de experiência, sendo 15 no veículo e outras cinco solo.

O mercado dos Táxis Aéreos e a visão da Doroni

Segundo Merdinger, o maior segmento eVTOL é o de “Táxi Aéreo” ou negócios de compartilhamento de viagens. Muitas empresas de táxi aéreo planejam entrar no mercado no próximo ano.

No entanto, a Doroni não visa esse mercado, pelo menos por enquanto. A empresa acredita que existe espaço suficiente para voar para qualquer lugar, especialmente nas áreas suburbanas.

A Doroni não pretende voar a 30.000 pés como um avião convencional, mas sim a apenas algumas centenas de pés. Segundo Merdinger, a ideia por trás do carro voador elétrico não é apenas ir do ponto A ao ponto B, mas “desfrutar da natureza”.

Com o advento de veículos voadores elétricos, estamos testemunhando uma mudança radical na indústria de transportes. Seja para fugir do trânsito, para reduzir a pegada de carbono, ou para simplesmente aproveitar a paisagem de uma nova perspectiva, o sonho dos veículos voadores elétricos está finalmente se tornando realidade.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *