O que faz uma fazenda ser considerada sustentável? Podem usar agrotóxicos?

O que faz uma fazenda ser considerada sustentável? Podem usar agrotóxicos? Foto: MP Agro / Reprodução
Publicidade

Uma fazenda sustentável é uma propriedade que emprega métodos integrados na agricultura, gerenciando de maneira eficaz e consciente recursos tais como solo, energia, água, vida animal e vegetal, além da biodiversidade, buscando minimizar ao máximo o impacto negativo sobre o meio ambiente.

A crescente atenção dada ao meio ambiente, especialmente devido ao aquecimento global e às alterações climáticas, tem fortalecido e ressaltado a ideia de fazendas sustentáveis no âmbito da agropecuária brasileira.

Publicidade

O propósito é diminuir a contaminação ambiental e o uso excessivo de recursos como água e energia, além de limitar o emprego de adubos sintéticos, pesticidas, fertilizantes e outros insumos que possam causar danos ao meio ambiente.

Portanto, uma fazenda sustentável é essencialmente uma propriedade agrícola que, adotando práticas de agricultura sustentável, alcança produção e lucratividade por meio de abordagens que reduzem o impacto no meio ambiente ao mesmo tempo em que trazem vantagens para a comunidade.

Publicidade

É valido ressaltar que agricultura sustentável é totalmente diferente de agricultura orgânica, pois frequentemente há confusão entre esses dois termos. A agricultura orgânica refere-se a um sistema agrícola que exclui o emprego de substâncias sintéticas, sementes geneticamente alteradas e equipamentos agrícolas de grande porte.

Nas fazendas sustentáveis, o emprego de agrotóxicos é aceitável desde que haja um uso consciente e responsável

Isso implica seguir rigorosamente as instruções técnicas e normas de segurança, visando minimizar impactos negativos no meio ambiente e garantir práticas agrícolas que estejam em harmonia com os princípios da sustentabilidade. A ideia é equilibrar a necessidade de proteção das culturas com a preservação da saúde ambiental e humana.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  White Martins: São Paulo recebe nova usina de hidrogênio verde

O objetivo é reduzir a dependência desses produtos químicos, priorizando métodos que contribuam para a saúde do ecossistema agrícola. Por isso, é fundamental que as fazendas sustentáveis adotem estratégias integradas de manejo de pragas, privilegiando métodos que reduzam a dependência de agrotóxicos.

Tais práticas incluem a rotação de culturas, o uso de variedades resistentes e o controle biológico, contribuindo para um ambiente agrícola mais equilibrado e menos agressivo ao ecossistema. Este método não apenas preserva a biodiversidade, mas também apoia a longevidade e a eficácia das terras agrícolas.

Vantagens da agrofloresta na agricultura moderna

Atualmente, a agrofloresta está se destacando como uma prática agrícola sustentável, combinando a produção agrícola com a preservação ambiental. Este sistema integra árvores, plantas e culturas agrícolas de forma que se complementem, beneficiando tanto o meio ambiente quanto a produtividade agrícola.

A agrofloresta contribui para a biodiversidade, melhora a qualidade do solo e ajuda na gestão de recursos hídricos. Além disso, representa um modelo econômico viável para os agricultores, equilibrando a necessidade de produção com a conservação ambiental.

Tem um papel crucial no combate às mudanças climáticas, atuando na captura de carbono e reduzindo a emissão de gases de efeito estufa. Ela favorece a resiliência climática das terras agrícolas, proporcionando um habitat mais robusto para a fauna e flora locais.

Além disso, essa prática oferece uma fonte de renda diversificada para os agricultores, pois permite a colheita de diferentes tipos de produtos ao longo do ano.

LEIA TAMBÉM:  Hidrogênio Verde: O que é e qual sua importância

Com informações: Aegro; Globo Rural; Globo Rural; Agro Floresta Amazonia.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | | | |

Sobre o Autor

Ana Paula Araújo
Ana Paula Araújo

Ana Paula Araújo escreve no Cultura Ambiental nas Escolas sobre meio ambiente, sustentabilidade, energias renováveis e suas implicações, veículos elétricos e as principais novidades do setor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *