Pequenas e baratas turbinas eólicas em áreas urbanas que geram energia limpa e renovável: essa é a proposta da empresa Flower Turbines

Escrito por Valdemar Medeiros

A empresa de energia eólica, Flower Turbines, desenvolveu uma proposta que visa implantar pequenas e baratas turbinas eólicas em áreas urbanas, capazes de gerar energia limpa e renovável. As turbinas desenvolvidas pela Flower Turbines, além de pequenas e baratas, também imitam o formato de tulipas.

Turbinas eólicas da Flower Turbines prometem não causar nenhum tipo de poluição sonora

Design patenteado da Flower Turbines – Reprodução/Youtube

A parte boa do desenvolvimento dessas turbinas é que a tecnologia patenteada aplicada à elas gera energia de qualquer forma, sem causar poluição sonora, já que há uma redução nos sons emitidos (sons de baixa frequência), totalmente “invisíveis” ao ouvido humano.

Esse fato acaba sendo um ponto muito importante para que as turbinas eólicas sejam instaladas em qualquer lugar. Além disso, as turbinas no formato de tulipa ajudam bastante a evitar qualquer acidente com pássaros, algo muito comum e que tem sido tema de reclamação de pessoas em geral, além dos críticos da energia eólica.

PARA VOCÊ:
Quais são as tendências quanto a produção de energia no Brasil?

Modelos criados pela empresa imitam “tulipas flexíveis”

As chamadas “tulipas flexíveis” estão disponíveis em 3 modelos, com variação de tamanho, eficiência e finalidade à gosto do cliente. Todos os modelos para gerar energia limpa são silenciosos e podem ser instalados até mesmo próximos à regiões semi urbanas e grandes cidades.

O menor modelo tem em torno de 1 metro de comprimento e é uma ótima opção para momentos no qual a energia limpa se faz necessária necessária, por exemplo em áreas remotas, como viagens e acampamentos com poucas pessoas.

Modelo com três metros de altura é o mais adequado para residências

O modelo ‘médio prazo’ tem cerca de 3 metros de comprimento e é mais adequado para ser usado em residências e pequenas empresas. Suas lâminas são fabricadas com fibra de vidro e o modelo é vendido juntamente com um gerador, um controle de carregamento, uma bateria (com carga adicional) e um inversor de rede. Por possuir um tamanho relativamente compacto, a turbina eólica da Flower Turbines pode ser instalada no chão mesmo ou em um telhado que seja suficientemente plano.

PARA VOCÊ:
A autonomia dos veículos elétricos pode aumentar com a ajuda de novas baterias resistentes ao frio criada por pesquisadores Chineses

Leia também: Cientistas descobrem enzima artificial que é promessa significativa para desenvolvimento de um novo tipo de energia renovável além da solar, eólica e biomassa

De acordo com o site oficial da Flower Turbines, essa é, sem dúvidas, uma combinação perfeita de custo-benefício e produção. O modelo maior das turbinas eólicas possuem incríveis 6 metros de altura e é uma alternativa para geração de energia em larga escala, com seu aerogerador projetado para ser instalado em telhados bastante sólidos, como áreas de estacionamentos, garagens e espaços abertos e amplos, como fazendas e campos.

PARA VOCÊ:
Aliança para Acabar com Resíduos Plásticos — AEPW, anuncia o seu primeiro projeto no Brasil visando reciclar 30 mil toneladas de lixo plástico por mês

Em uma demonstração de eficiência dos aerogeradores no dia a dia, a Flower Turbines realizou diversos testes e aplicações de sua tecnologia, como por exemplo a construção de estações de carregamento de bikes elétricas, totalmente movidas a energia solar.

Flower Turbines já recebeu premiações por outros projetos e participações

A Flower Turbines foi desenvolvida pelo engenheiro Daniel Farb, que cresceu em uma casa onde seu pai redigia artigos em homenagem a uma organização de conservação localizada nos Estados Unidos.

Farb é um legítimo amante da natureza, que adora o minimalismo e simplifica a tecnologia como forma de adequá-la à mãe natureza.

A empresa de Farb recebeu o Prêmio Holandês de Sustentabilidade 2019, após sua participação no acelerador marítimo PortXL, na grande cidade portuária holandesa Roterdão.

Artigos relacionados