Rua nos Estados Unidos promete recarga por indução até para os carros em movimento

Rua nos Estados Unidos promete recarga por indução até para os carros em movimento Foto: Linkedin / Reprodução

A rua inaugurada em Detroit é a primeira a utilizar uma tecnologia de recarga por indução para carros elétricos em movimento

Publicidade

Detroit, um centro urbano conhecido por suas inovações no setor automotivo, introduziu recentemente um conceito revolucionário em suas ruas: um sistema inovador de recarga por indução para veículos elétricos.

Esta tecnologia pioneira, localizada na 14th Street no vibrante bairro de Corktown, entre as vias Marantette e Dalzelle, promete transformar a maneira como pensamos sobre a recarga de veículos elétricos.

Publicidade

A rua, que se estende por 402 metros, equivalente a um quarto de milha, foi desenvolvida como um local de testes para aprimorar a tecnologia de recarga por indução. Este método permite que os veículos elétricos sejam recarregados enquanto estão em movimento, uma mudança significativa em relação às tradicionais estações de recarga.

A rua 14th é o primeiro passo de um projeto mais amplo

Já estão programadas novas seções de teste para serem inauguradas no próximo ano, com planos de expansão para locais simbólicos, como a avenida Michigan. Esta iniciativa não se limita apenas a carros e vans, mas também incluirá veículos de transporte público, refletindo a adaptabilidade da tecnologia em diferentes cenários urbanos.

Publicidade

É essencial notar que esta tecnologia requer veículos equipados com receptores especiais fornecidos pela Electreon, uma empresa colaboradora chave do projeto. A parceria de cinco anos entre a Electreon e o governo de Michigan sublinha o comprometimento com o avanço das ruas elétricas.

LEIA TAMBÉM:  Contran explica as diretrizes para conduzir veículos elétricos e aumentar a segurança no trânsito depois da alta de acidentes envolvendo EVs

O veículo inaugural para esses testes é a van Ford Transit, especialmente adaptada com os receptores necessários.

Publicidade

Os benefícios ambientais e a eficiência da recarga por indução

A base tecnológica deste sistema reside no acoplamento entre bobinas de cobre instaladas sob a superfície da rua e os receptores nos veículos. A transferência de energia ocorre através de um campo magnético induzido, que possibilita o carregamento tanto em movimento quanto em repouso. Esta flexibilidade é fundamental para aumentar a autonomia dos veículos elétricos e permitir o uso de baterias mais leves e eficientes.

Outro aspecto notável é a eficiência energética do sistema. A energia é fornecida apenas ao segmento da rua onde o veículo compatível está transitando, evitando desperdícios. Essa abordagem sob demanda otimiza o consumo de energia e contribui para um sistema mais sustentável. Além disso, medidas rigorosas de segurança asseguram que não existam riscos para pedestres, animais ou objetos na área.

Rumo a um futuro de mobilidade sustentável

Este projeto inovador tem o potencial de ser um marco na adoção em larga escala de veículos elétricos. Oferecendo uma solução eficiente e ambientalmente amigável para a infraestrutura de recarga, ele representa um passo importante na jornada rumo a um futuro de mobilidade sustentável. O sucesso deste projeto em Detroit poderá servir de modelo para cidades ao redor do mundo, pavimentando o caminho para uma revolução na indústria automotiva elétrica.

LEIA TAMBÉM:  Watts inova com consórcio para motos elétricas; As parcelas ficam menos de R$ 315,00 no plano com uma bateria
Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | | | |

Sobre o Autor

Ana Paula Araújo
Ana Paula Araújo

Ana Paula Araújo escreve no Cultura Ambiental nas Escolas sobre meio ambiente, sustentabilidade, energias renováveis e suas implicações, veículos elétricos e as principais novidades do setor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *