Toyota Prius Híbrido: montadora afirma que veículo utiliza radiação solar coletada por painel fotovoltaico e fornece autonomia de até 1250 Km

Toyota Prius Híbrido montadora afirma que veículo utiliza radiação solar coletada por painel fotovoltaico e fornecer autonomia de até 1250 Km Fonte: Toyota/Divulgação

O Toyota Prius Híbrido Plug-In(PHEV) vem de fábrica com uma tecnologia de ponta que incorpora um painel solar, que tem o potencial de aumentar a autonomia do veículo em até 1.250 quilômetros

Publicidade

A última iteração do veículo híbrido Toyota Prius foi exibida pela montadora japonesa ao público no final de 2022. O modelo atualizado vem com um novo design no exterior, bem como componentes atualizados no interior. Após 25 anos no mercado, o Toyota Prius se consolidou como referência no mercado de carros híbridos, e essa nova versão possui um painel solar para gerar mais energia para as baterias e assim aumentar a autonomia do carro

A Toyota afirma que a tecnologia do novo Prius utiliza a radiação solar coletada por um painel solar posicionado na parte superior do veículo para convertê-la em energia elétrica que é fornecida às baterias quando o veículo está estacionado. Desde 2015, o design do carro não mudou muito e, na iteração mais recente do Toyota Prius, algumas das características mais reconhecíveis do carro ainda estão em vigor.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Chevrolet Trailblazer 2025: O SUV brutalmente pronto pra tudo

Os vidros traseiros continuam longos e com linhas que fornecem uma transição perfeita para a tampa do porta-malas. Todas as luzes, incluindo faróis, lanternas traseiras e para-choques, foram atualizadas para criar uma aparência mais aerodinâmica. Nos próximos anos, esta nova linguagem de design será implementada progressivamente numa variedade de diferentes veículos Toyota.

O novo Toyota Prius híbrido também tem rodas maiores e um centro de gravidade mais baixo do que seu antecessor. O modelo híbrido convencional estará disponível em duas configurações distintas: a primeira terá motor 2.0 a combustão que tem 193 cavalos de potência quando combinado com a potência do motor elétrico; o segundo terá motor 1.8; no entanto, a potência do motor 1.8 não foi divulgada. A primeira configuração será a mais poderosa das duas.

Publicidade

O veículo elétrico híbrido plug-in (PHEV) será a forma mais potente e robusta do novo Toyota Prius híbrido

Ele terá uma potência combinada de 223 cavalos e acelera de 0 a 100 quilômetros por hora em menos de 6,7 segundos. Segundo a Toyota, as atualizações feitas na bateria do veículo com o painel solar permitem um alcance 50% maior ao dirigir no modo elétrico, algo em torno de 75 quilômetros em comparação com o alcance da versão anterior de 54 quilômetros.

Um painel de instrumentos digital medindo 7 polegadas (17,78 cm) e um console multimídia medindo 12,3 polegadas também foram instalados no interior do carro. Ambos os monitores são capazes de receber atualizações via conexão remota. A mais recente geração do Toyota Prius fará sua estreia no Japão durante o segundo trimestre do ano seguinte, após o qual será introduzida em outros mercados globais.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Segurança em duas rodas: Honda planeja airbags para todas as motos até 2050

A boa notícia é que o Brasil provavelmente está na lista de países onde a montadora irá comercializar o novo Toyota Prius Híbrido com painéis solares. Segundo sites no Brasil, a direção da empresa informou que a importação do carro, que havia sido interrompida no ano anterior, seria retomada.

Como resultado do apoio da COP26, vários fabricantes de todo o mundo estão concentrando seus esforços na redução dos níveis de dióxido de carbono e CO2 emitidos por seus carros. A Toyota é uma dessas empresas e vem comprovando seus esforços apresentando novas tecnologias que incluem seus motores de combustão a hidrogênio. Para enfrentar os desafios do futuro, os fabricantes de todo o mundo precisarão reduzir as emissões de dióxido de carbono e monóxido de carbono de seus automóveis.

Esse processo foi aprimorado ainda mais desde a COP26 e, como resultado, novas tecnologias estão surgindo, como automóveis híbridos, com motores a hidrogênio, carros elétricos e biocombustíveis. A Toyota tem um plano para introduzir no mercado motores de combustão a hidrogênio com bom desempenho ambiental, e eles estão projetando esses motores pensando no cliente.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *