BYD Dolphin supera em até 25 vezes as vendas do Kwid E-Tech obrigando a Renault a derrubar o preço do seu carro elétrico pela segunda vez em 2023

BYD Dolphin supera em até 25 vezes as vendas do Kwid E-Tech obrigando a Renault a derrubar o preço do seu carro elétrico pela segunda vez em 2023 Foto: BYD / Divulgação

O BYD Dolphin, um modelo chinês recém-chegado, estabeleceu-se rapidamente como um líder no segmento de veículos elétricos no Brasil.

Publicidade

O mercado automotivo brasileiro está presenciando uma reviravolta significativa com a introdução do BYD Dolphin, um carro elétrico que chegou desafiando a concorrência, superando amplamente as vendas do Renault Kwid E-Tech. Esta competição acirrada resultou em uma reação notável da Renault, que cortou o preço do seu modelo elétrico pela segunda vez só neste ano.

Ascensão meteórica do BYD Dolphin no mercado brasileiro

BYD Dolphin supera em até 25 vezes as vendas do Kwid E-Tech
BYD Dolphin (Foto: BYD / Divulgação)

O BYD Dolphin, um modelo chinês recém-chegado, estabeleceu-se rapidamente como um líder no segmento de veículos elétricos no Brasil. Sua performance de vendas impressionou o setor, superando o Renault Kwid E-Tech em uma proporção de até 25 vezes.

Publicidade

Desde sua chegada em julho de 2023, o Dolphin já alcançou 2.870 unidades vendidas, uma cifra que eclipsa significativamente os números do Renault Kwid E-Tech, que registrou apenas 276 emplacamentos em um período de doze meses.

Em outubro de 2023, o contraste foi ainda mais marcante, com o BYD Dolphin atingindo 1.366 vendas, resultando em impressionantes 25 vezes mais vendas que os 55 Kwid E-Tech comercializados no mesmo mês. Esse sucesso ressalta a crescente preferência dos consumidores brasileiros por veículos elétricos eficientes e econômicos.

Publicidade

Desafios para a Renault e estratégia de preços

Em resposta à popularidade avassaladora do Dolphin, a Renault reduziu o preço do Kwid E-Tech. A partir de um preço inicial de R$ 149.990, o modelo viu uma redução significativa, chegando agora a R$ 123.490. Esta estratégia de precificação é um claro indicativo dos esforços da Renault para manter sua competitividade no mercado dinâmico de carros elétricos.

LEIA TAMBÉM:  Watts inova com consórcio para motos elétricas; As parcelas ficam menos de R$ 315,00 no plano com uma bateria

Além das vendas notáveis, o BYD Dolphin também se destaca em termos de especificações técnicas. Oferecendo maior autonomia, potência e espaço interior em comparação com o Kwid E-Tech, ele representa um valor atraente para os consumidores. Com uma autonomia de 291 km (contra 185 km do Kwid) e uma potência de 95 cavalos, o Dolphin claramente supera seu concorrente francês em aspectos críticos.

Publicidade

A BYD está planejando lançar outro modelo, o Seagull, que pode ser ainda mais barato que o Dolphin

Além do sucesso do Dolphin, a BYD está se preparando para introduzir o Seagull, outro modelo elétrico, que promete ser ainda mais acessível. Este lançamento futuro pode redefinir ainda mais as expectativas de preço e desempenho para veículos elétricos no Brasil, potencializando a posição da BYD como líder inovadora no mercado.

Com mais consumidores voltando-se para opções elétricas eficientes, modelos como o Dolphin estão definindo novos padrões de desempenho e acessibilidade. Este cenário dinâmico promete mais inovações e competitividade, moldando o futuro da mobilidade elétrica no país.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *