Casa de vidro para árvores se abre e fecha de acordo com a temperatura e mantém o ambiente ideal para determinadas espécies de plantas

Casa de vidro para árvores se abre e fecha de acordo com a temperatura e mantém o ambiente ideal para determinadas espécies de plantas FONTE: The Architects' Journal

Nos dias mais frios a casa de vidro mantém sua posição fechada para reter o calor em seu interior, já nos dias mais quentes ela se abre para adequar a temperatura ideal para as espécies de plantas contidas

Publicidade

A estrutura está localizada em Woolbeding Estate, que fica na Inglaterra, e recebeu o nome de Glasshouse, que se traduz literalmente como: casa de vidro. A estrutura da estufa é composta por dez peças iguais que têm a aparência das pétalas de uma flor e se abrem quando expostas ao calor.

O projeto da estufa de vidro foi desenvolvido para o National Trust, uma organização beneficente sediada na Inglaterra. Nos dias mais frios, a forma piramidal mantém sua posição fechada, dando-lhe a aparência de um diamante. A estrutura da casa de vidro é articulada de modo que, quando o clima está mais quente, ela se abre como uma coroa, expondo uma variedade de árvores e plantas subtropicais em seu interior.

Publicidade

“Este é um projeto que literalmente se desenrola”, afirmou Thomas Heatherwick, criador do estúdio. “Você passa pelo jardim e descobre um objeto que inicialmente parece uma joia e termina como uma coroa, enquanto a Glasshouse se desenrola lentamente”.

É propósito do jardim que envolve a casa de vidro ser uma viagem que traça a antiga rota comercial entre a Europa e a Ásia e a influência que esta rota teve na horticultura do Reino Unido. Uma rota sinuosa que margeia uma estrada sinuosa é cercada por 300 variedades diferentes de plantas nativas de doze lugares diferentes ao longo da Rota da Seda.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Emissões de CO2 relacionadas à geração de energia batem recorde em 2023, apesar do avanço das energias limpas

A estufa de vidro foi criada com o intuito de manter a temperatura ideal para espécies de plantas provenientes de outras regiões do planeta

Há uma rara árvore Aralia Vietnamensis, bem como uma variedade de samambaias, guarda-chuvas, magnólias e bananas contidas dentro da casa de vidro. Todas essas espécies de plantas foram trazidas para a Grã-Bretanha por meio da Rota da Seda. Como são espécies oriundas de outras localidades, precisa ter esse controle da temperatura ambiente, para que elas consigam se desenvolver.

Casa de vidro para árvores
FONTE: The Architects’ Journal

As coberturas de alumínio e vidro são fixadas à estrutura de aço. São dez componentes individuais feitos de aço, vidro e alumínio que, quando montados, assumem o aspecto de pétalas de flores.

Publicidade

O estúdio afirma que o design da casa de vidro é uma homenagem aos terrários decorativos vitorianos, que são recipientes fechados feitos de vidro que abrigam ecossistemas em miniatura que consistem em solo, plantas e outros elementos.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *