CEO da SolFácil disse que a energia solar não é cara – É o brasileiro que está sem dinheiro

Escrito por Geovane Souza

O CEO da SolFácil, Fábio Carrara disse essa semana em entrevista, que a energia solar não está cara no Brasil, e que é um ótimo investimento. Para ele, o problema está no bolso dos brasileiros. A SolFácil é uma empresa que atua no seguimento de energia solar, disponibilizando um aplicativo onde as pessoas podem investir no setor.

A empresa possui uma modalidade de financiamento de projetos de painéis solares em todo o Brasil. Fábio disse acreditar que o Brasil tome o segundo lugar em aplicações no segmento de energia solar ainda esse ano, ultrapassando vários países e ficando atrás apenas da China, que é a atual líder do segmento.

PARA VOCÊ:
Gases de efeito estufa atingem nível visto há 5 milhões de anos

Vale lembra que, um painel solar dura em média 30 anos, já o inversor tem uma vida útil um pouco menor, ainda assim pode chegar a 20 anos. O inversor é o equipamento usado para converter a energia gerada pelo painel, corrente contínua, em corrente alternada, sendo a que alimenta a maioria dos equipamentos de uma residência.

Atualmente, para se investir em um sistema de energia fotovoltaica em casa, o brasileiro precisa desembolsar valores que chegam a 50 mil reais. No entanto, as empresas garantem que a economia na conta de luz pode chegar em 95%, e com a durabilidade dos painéis, que citamos anteriormente, o investimento acaba valendo a pena.

PARA VOCÊ:
Seu animal de estimação é um problema para o meio ambiente

O segmento de energia solar cresceu bastante nos últimos anos. Em 2021 o Brasil atingiu o 15° lugar em geração de energia proveniente do sol, e a perceptiva é de que esse ano chegue ao 2º lugar. No entanto, novas leis podem acabar atrapalhando os planos.

No início desse ano foi aprovada a lei número 14.300, e uma das suas regras é que a geração de energia solar terá uma taxa para os projetos instalados a partir do dia 07/01/2023. Ainda conforme a lei, os painéis instalados até o dia 06/07/2023 ficarão isentos da nova taxa até 2045. Ou seja, quem pretende ficar isento da taxa, tem menos de um ano para elaborar o projeto e finalizar a instalação.

Fonte: yahoo
Artigos relacionados