GM anuncia fim do Chevrolet Bolt EUV antes mesmo de estreia no Brasil, SUV elétrico já tem data para sair de linha

GM anuncia fim do Chevrolet Bolt EUV antes mesmo de estreia no Brasil, SUV elétrico já tem data para sair de linha Fonte: Chevrolet/Divulgação

A decisão da GM de encerrar a produção do Chevrolet Bolt EUV visa aumentar a capacidade produtiva das suas picapes elétricas, como a GMC Hummer EV e a Silverado EV.

Publicidade

O tão aguardado Chevrolet Bolt EUV não teve sequer a chance de fazer sua estreia no Brasil, e já recebeu a notícia de que será descontinuado junto à versão convencional do Bolt. A CEO da General Motors, Mary Barra, anunciou que os dois modelos elétricos deixarão de ser fabricados até o final do ano.

Os motivos por trás da decisão

O anúncio foi feito durante uma teleconferência para divulgar os resultados financeiros do primeiro trimestre. Segundo a empresa, essa decisão significa que todos os seus veículos elétricos a partir de 2024 serão baseados na plataforma Ultium.

Publicidade

A principal razão para o fim do Chevrolet Bolt EUV é a necessidade de aumentar a capacidade produtiva das picapes elétricas que utilizam a plataforma Ultium, como a GMC Hummer EV e a Silverado EV.

O provável sucessor do Chevrolet Bolt EUV é o Equinox EV. Com dimensões maiores, o SUV elétrico tem lançamento previsto para 2024 e deve ser comercializado com preço inferior ao do Bolt nos Estados Unidos. O modelo também já está confirmado para o Brasil, prometendo até 500 km de autonomia.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Volvo EX30: Conheça o novo elétrico da Volvo a partir de R$ 229.950

Lançado em 2016 nos Estados Unidos, o Chevrolet Bolt tinha como objetivo ser acessível e entregar mais de 320 km de autonomia. No Brasil, o modelo só chegou em 2020, enquanto a reestilização lançada em fevereiro de 2021 foi apresentada no país em setembro do ano passado, com preço de R$ 329.000.

Com essa reestilização, surgiu o Bolt EUV, uma versão com entre-eixos 7,4 cm mais longo e visual aventureiro, proporcionado por para-choques diferentes e molduras nas caixas de roda.

Publicidade

Lançamento do Chevrolet Bolt EUV no Brasil

O curioso é que o Chevrolet Bolt EUV está prestes a ser lançado no Brasil nas próximas semanas. Porém, já chegará às concessionárias com um prazo de validade determinado.

Ambas as versões do Bolt compartilham a mesma mecânica: bateria de 65 kWh de íons de lítio, que alimenta um motor elétrico de 203 cv e 36,7 kgfm. O que realmente evidencia como estão uma geração atrás dos atuais elétricos da GM é a potência de recarga máxima, de apenas 53 kWh, enquanto os veículos da plataforma Ultium suportam de 150 a 300 kWh.

Desafios do mercado de elétricos no Brasil

O Chevrolet Bolt EUV chega ao mercado brasileiro em um momento em que a infraestrutura para carros elétricos ainda enfrenta desafios. Apesar do crescente interesse do público por veículos elétricos, a falta de investimentos em pontos de recarga e incentivos fiscais limita a expansão desse segmento no país.

LEIA TAMBÉM:  Volvo EX30: Conheça o novo elétrico da Volvo a partir de R$ 229.950

Para que o Chevrolet Bolt EUV e outros modelos elétricos alcancem maior sucesso no Brasil, seria necessário um maior apoio governamental, com políticas de incentivos fiscais e a criação de um programa nacional para a infraestrutura de carregadores elétricos. Países como Noruega e China já adotaram medidas semelhantes e viram um aumento expressivo na adoção de carros elétricos.

Com a descontinuação do Bolt e do Bolt EUV, a GM abre espaço para o Equinox EV e outros modelos baseados na plataforma Ultium. No entanto, a concorrência no mercado de elétricos no Brasil continua acirrada, com marcas como Nissan, Renault, Tesla e Volkswagen trazendo seus próprios modelos elétricos para o país.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *