Iceberg gigante se rompe na Antártida

Escrito por Geovane Souza

Um enorme iceberg se desprendeu da geleira Pine Island, na Antártida. Os cientistas observam o local desde o início de 2018, quando notaram uma grande rachadura no gelo em imagens de satélite. O iceberg gigante tem uma área de cerca de 226 quilômetros quadrados e foi nomeado B-46.

De acordo com o portal IFLScience, incidentes como esse ocorriam apenas uma vez a cada seis anos no passado. No entanto, com as mudanças climáticas, isso está se tornando mais comum. “Mais notavelmente, a frequência de rachaduras parece estar aumentando”, diz Stef Lhermitte, especialista em sensores da Delft University of Technology, na Holanda.

PARA VOCÊ:
Poluição por microplásticos nos oceanos pode espalhar patógenos que matam animais ameaçados de extinção
Iceberg gigante se rompe na Antártida

A geleira de Pine Island recuou mais de 5 quilômetros de 2015 até hoje. Especialistas chegaram a conclusão de que o que impulsiona esse recuo seja o aquecimento dos oceanos, o que leva ao derretimento do gelo, responsável pela ruptura desse iceberg gigante. De acordo com Mashable, esta é a sexta maior fenda de gelo em Songdo desde 2001.

De acordo com a Live Science, Pine Island perde 45 bilhões de toneladas de gelo todos os anos, fazendo com que o nível do mar subisse 1 mm nos últimos oito anos. Se toda a geleira derretesse, isso aumentaria para 0,5 metro, o que seria um evento catastrófico no planeta.

PARA VOCÊ:
Gases de efeito estufa atingem nível visto há 5 milhões de anos

“As mudanças de Pine Island na perda de massa e na remoção da plataforma de gelo são muito importantes para o futuro aumento do nível do mar”, acrescentou Lhermitte.

Artigos relacionados