Teremos que lidar com os efeitos do aquecimento comprometido mesmo depois que as emissões forem reduzidas

Escrito por Bruno Teles

O Mundo está colapsando, e o responsável? O ser humano. Isso, agora, já não é novidade. Mas há uma década atrás era. Infelizmente, faz pouco tempo que abrimos os olhos para os impactos de nossas próprias ações sobre o planeta.  Veja porque mesmo depois que as emissões forem reduzidas, ainda teremos que lidar com o ‘aquecimento comprometido’.

Uso indevido e indiscriminado de recursos naturais, grandes desperdícios, poluição massiva, emissão de gases… ficaríamos um dia inteiro listando as inúmeras ações humanas que são danosas ao meio ambiente.

Porém, agora temos a consciência e urgência em mudar esse cenário. Alterações no clima trouxeram desastres e alterações no Mundo de magnitudes jamais antes vistas. E, apesar da recente preocupação, o ser humano pode já ter danificado o planeta de forma irreversível.

PARA VOCÊ:
Muito dinheiro e pouca sustentabilidade: Entenda os motivos pelos quais as criptomoedas poluem o meio ambiente

A principal ação mundial para conter esse cenário é a redução drástica de emissões de gases de efeito estufa, freando a ruptura da camada de ozônio. Esse tema é frequente nas reuniões da COP, na ONU.

aquecimento comprometido
Aquecimento comprometido (Reprodução: divulgação)

Leia também: Alerta – Poluição por plástico deverá triplicar nos próximos 40 anos, segundo cientistas

O que significa a sigla COP?

  • Conferência das Partes (COP);
  • Conferência realizada anualmente com representantes de diversos países para debater as mudanças climáticas e soluções para o problema

Conforme mais estudos são feitos e maior é a compreensão sobre os impactos das emissões, pior a situação fica. Antes, se pensava que o aumento da temperatura global chegaria ao seu pico em 40 anos, já se mostrando um período curto de tempo.

PARA VOCÊ:
Natureza serve como inspiração tecnológica: conheça 2 invenções inspiradas na natureza

Porém, com novos estudos e melhores tecnologias, acredita-se que esse pico possa chegar em apenas 10 anos! E pior, mesmo se frearmos todas as emissões de gases hoje, ainda sofreríamos com o aumento de temperatura pelo efeito “aquecimento comprometido”.

O que é aquecimento comprometido?

Fenômeno de armazenamento e liberação de calor que afeta o planeta terra. Isso porque, todo o aumento de temperatura que a Terra sofreu é, de certa forma, acumulado e sua liberação é constante.

Assim, mesmo com a redução de emissão de gases, ainda sofreríamos com todos os anos de calor acumulado.

PARA VOCÊ:
O que o mais recente alerta de mudança climática 'código vermelho' significa para nós

Para que esse objetivo seja alcançado, as emissões reduzam e o clima estabilize, os países devem realizar ações extremas de combate direto às alterações climáticas. Não há mais tempo para ações a longo prazo. Medidas curtas e eficazes devem ser priorizadas.

Artigos relacionados