Conheça os 4 novos empreendimentos mais sustentáveis da face da terra

Escrito por Valdemar Medeiros

Desenvolver empreendimentos com soluções sustentáveis não é mais uma grande inovação, mas sim um pré-requisito. Cada vez mais construtoras e incorporadoras buscam aplicar investimentos nesse sentido, desde o canteiro de obras até o imóvel pronto que será entregue ao comprador.

Na etapa de construção dos empreendimentos sustentáveis, empresas engajadas tem como objetivo a redução no impacto ao meio ambiente e o uso racional de recursos naturais, com o intuito de que os edifícios estejam em harmonia com o meio ambiente, os projetos também devem apresentar ótimas soluções aos moradores, como sistemas de reuso de água de chuva e painéis solares.

Empreendimentos sustentáveis ao redor do Brasil

De acordo com um levantamento realizado no último ano pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC) em parceria com a Brain Inteligência Estratégica, apontou que 56% dos entrevistados estariam dispostos a pagar mais por empreendimentos sustentáveis.

Uma das formas de descobrir se uma empresa é responsável neste quesito é por certificações. Um bom exemplo neste setor é a Laguna, empresa que atua no setor com o maior número de projetos sustentáveis certificados na região sul do Brasil.

PARA VOCÊ:
Por que NÃO devemos usar hidrogênio azul como combustível

Leia também: Conheça a primeira usina de biodiesel do Brasil a utilizar transporte marítimo para concretizar cabotagem do combustível renovável

Um dos empreendimentos sustentáveis da empresa em Curitiba é o ALMÁA Cabral, primeiro prédio do país em processo de certificação GBC Condomínio Platina, que garante não apenas a preservação do meio ambiente, mas também mais economia financeira nos gastos comuns do condomínio.

Cerca de 30% da eletricidade das áreas comuns será gerada por painéis solares. Além disso, o local terá uma tomada para carregamento de carros elétricos por residência suspensa. Além disso,  a energia que será gerada pelos painéis solares não terá nenhum custo para o proprietário.

Laguna investindo em sustentabilidade

O AMPIO é outro dos empreendimentos sustentáveis recentes da Laguna em Curitiba com um projeto inovador e sustentável. O edifício residencial terá as certificações GBC e Well, que garantem que o projeto coloque o meio ambiente, os moradores e suas experiências em primeiro lugar.

PARA VOCÊ:
Itaú lança serviço de compartilhamento de carros elétricos no Brasil que custa apenas R$ 0,90/minuto

Parte do consumo das áreas comuns serão atendidas por energia sustentável e, além disso, o projeto permite um melhor aproveitamento da luz natural a partir da sua arquitetura que se guia pelo sol, com formas e filtros que deixam a luz entrar de acordo com a permissão do morador através dos brises móveis da fachada.

Em Santa Catarina, outro exemplo de empreendimentos sustentáveis é o Vivapark Porto Belo, o primeiro bairro-parque do país. Este projeto foi idealizado por Jaime Lerner e projetado para que os moradores possam fazer tudo a pé em um ambiente extremamente arborizado.

O projeto é desenvolvido pela Vokkan, empresa que desenvolve ecossistemas sustentáveis e inteligentes através de negócios imobiliários. Este é o primeiro projeto do mundo a obter o selo LEED for Communities, o mais elevado do sistema de certificação, referência global em sustentabilidade e meio ambiente, com escore máximo em Qualidade de Vida e Inovação.

PARA VOCÊ:
A embalagem biodegradável é uma excelente alternativa ao plástico e traz inúmeros benefícios ao meio ambiente

Natureza e empreendimentos podem ser ótimos amigos

Conforto térmico, embelezamento dos ambientes, diminuição de ruídos, ar puro, são apenas alguns benefícios de trazer a natureza para os empreendimentos sustentáveis.

Viver em locais verdes também aumenta a qualidade de vida, já que esses locais podem reduzir os níveis de estresse e disponibilizar ar com menos poluentes. Sendo assim, construtoras e incorporadoras apostam cada vez mais no desenvolvimento sustentável de empreendimentos arborizados, com hortas, jardins e pomares.

Este é o caso da Amán, empreendimento da Construtora Adriática com estimativa de entrega em novembro de 2024. As plantas estão espalhadas por toda a fachada e também ganham destaque nos jardins das áreas comuns.

Artigos relacionados