Dona da 99 no Brasil planeja frota de táxis autônomos até 2025, apresentando o “Didi Neuron”

Dona da 99 no Brasil planeja frota de táxis autônomos até 2025, apresentando o Didi Neuron Fonte da imagem: Didi Global/Divulgação
Publicidade

A Didi Global, gigante chinesa do transporte compartilhado e proprietária da 99 no Brasil, anunciou na última quinta-feira (13) seus planos de construir uma frota de táxis autônomos até 2025, em colaboração com fabricantes chineses. A empresa também apresentou um conceito chamado “Didi Neuron”, que conta com braços robóticos para auxiliar passageiros com suas bagagens.

A colaboração com fabricantes chineses

A Didi está trabalhando em conjunto com diversas montadoras de veículos elétricos na China para desenvolver sua frota de táxi robô. Meng Xing, diretor de operações da Didi Autonomous Driving, afirmou em um evento corporativo que o objetivo é que esses veículos possam acessar a rede da Didi e fornecer serviços até 2025.

Publicidade

“Esperamos que os táxis autônomos sejam produzidos internamente, que a cadeia de suprimentos seja administrável e que até 90% dos principais componentes possam ser produzidos internamente”, disse Meng Xing.

Conheça o Didi Neuron

A empresa revelou um protótipo de veículo chamado “Didi Neuron“, que possui:

Publicidade
  • Braços robóticos para ajudar os passageiros a pegar suas malas;
  • Ausência de banco do condutor, aumentando a capacidade de passageiros.

Além disso, a Didi também apresentou um dispositivo de computação automotiva e um sensor lidar, que são avanços importantes para atingir sua meta de direção autônoma nos próximos anos.

LEIA TAMBÉM:  Pesquisadores desenvolvem robô com olhos de inseto para baratear a tecnologia

Um pouco da história da Didi

Desde 2016, a Didi vem trabalhando na criação e teste de carros autônomos. Sua divisão de direção autônoma atraiu centenas de milhões de dólares em investimentos de organizações como IDG Capital e Guotai Junan.

Publicidade

Atualmente, o aplicativo principal da Didi já permite que usuários em algumas áreas de Xangai e na cidade de Guangzhou, no sul da China, chamem veículos autônomos. A frota sem motorista é fornecida pela montadora sueca Volvo, que pertence à Geely.

Com o anúncio dos planos de expansão e a apresentação do Didi Neuron, a empresa mostra que está comprometida em trazer inovação e avanços tecnológicos para o mercado de transporte compartilhado e autônomo.

Honda também está testando um veículo elétrico autônomo, esse para uso em construção civil

A Honda lançou recentemente seu Autonomous Work Vehicle (AWV), um carro elétrico autônomo projetado para uso em canteiros de obras. Capaz de carregar até 907 kg de materiais de construção, o AWV possui 10 horas de autonomia e pode ser controlado remotamente através de um aplicativo. Equipado com tecnologia avançada, como GPS, radar, sensor LiDAR e câmeras, o veículo se desloca de forma segura e independente em ambientes com diversos obstáculos.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *