Empresa chinesa revela navio cargueiro com velas gigantes movidas a vento e faz viagem inaugural ao Brasil

Empresa chinesa revela navio cargueiro com velas gigantes movidas a vento e faz viagem inaugural ao Brasil Fonte: Cargill/Reprodução

O navio Pyxis Ocean partiu da China com destino ao Brasil, demonstrando o poder das velas gigantes movidas a vento.

Publicidade

Desde tempos imemoriais, o vento tem sido um companheiro indispensável nas navegações. Os ancestrais marinheiros compreenderam essa força elemental, desbravando mares e oceanos. No entanto, mesmo na era moderna, sua relevância não desvanece. Uma prova viva desse fato é a recente viagem inaugural de um navio cargueiro equipado com gigantes velas especiais movidas a vento, em direção ao Brasil.

Pyxis Ocean é uma revolução ecológica nos mares

A empresa de transporte marítimo Cargill tomou a dianteira e fretou o navio Pyxis Ocean, que partiu da China com destino ao porto de Paranaguá, no Brasil. Este marco representa o pioneiro teste de uma tecnologia inovadora, carregando consigo a promessa de uma indústria mais verde e consciente.

Publicidade

As “asas” WindWings, majestosas em tamanho e concepção britânica, conferem ao cargueiro uma característica única. Enquanto no porto, elas permanecem cuidadosamente dobradas, porém, ao deixar o porto, desfraldam-se com esplendor, aproveitando o vento para impulsionar a embarcação.

LEIA TAMBÉM:  Bio-Óleo: Combustível de casca de coco revoluciona sustentabilidade na aviação

Com 37,5 metros de altura e construídas utilizando o mesmo material robusto das turbinas eólicas, essas velas ostentam durabilidade excepcional.

Publicidade
Empresa chinesa revela navio cargueiro com velas gigantes movidas a vento
Fonte: Cargill/Reprodução

A ascensão dessas velas gigantes eólicas abre caminho para uma navegação mais ecológica

Ao permitir que o vento se torne o timoneiro, ao invés de depender exclusivamente de combustíveis fósseis, é possível reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) em até 30%. Esse avanço é parte integrante do compromisso global para minimizar o impacto ambiental oriundo do transporte marítimo, um setor que atualmente é responsável por cerca de 2,1% das emissões mundiais de CO2.

Julho trouxe um marco significativo para a indústria: um acordo para eliminar completamente as emissões de gases de efeito estufa até aproximadamente 2050. Esta inovação nas velas gigantes movidas a vento impulsiona esse esforço, pintando um futuro mais limpo para os mares e o planeta.

Publicidade

Tecnologia que equipa o Pyxis Ocean foi criada por empresa britânica

O Pyxis Ocean, projetado para ser eficiente em termos de emissões e sustentabilidade, cruzará o oceano em aproximadamente seis semanas, trazendo consigo não apenas cargas preciosas, mas uma mensagem forte de mudança.

A tecnologia que alimenta essa embarcação tem suas raízes na BAR Technologies, uma empresa britânica que emergiu da equipe do velejador Ben Ainslie durante a Copa América de 2017 – frequentemente comparada à “Fórmula 1 dos mares”.

LEIA TAMBÉM:  Bio-Óleo: Combustível de casca de coco revoluciona sustentabilidade na aviação

John Cooper, líder da equipe e ex-membro da McLaren na Fórmula 1, enfatiza o significado desta jornada lenta, mas monumental. Ele prevê um futuro no qual até 2025, metade dos novos navios encomendados estarão equipados com tecnologia de propulsão eólica. A viagem do Pyxis Ocean marca um marco crucial, sinalizando uma reviravolta iminente na indústria marítima global.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *