Jeep Compass Elétrico com carregamento ultra-rápido chega ao mercado brasileiro em 2026 com a promessa de autonomia de 700 km

Jeep Compass Elétrico com carregamento ultra-rápido chega ao mercado brasileiro em 2026 com a promessa de autonomia de 700 km Foto: Autoo / Reprodução

O mundo automobilístico está prestes a testemunhar um marco significativo com a chegada do novo Jeep Compass elétrico, previsto para 2026

Publicidade

O Jeep Compass, um modelo global crucial da Jeep, líder de vendas no Brasil desde seu lançamento em 2016, está se preparando para sua próxima grande evolução. Esta nova geração do SUV trará a primeira versão totalmente elétrica do modelo, fabricada sob a égide da Stellantis.

A nova geração do Jeep Compass trará um design arrojado, mantendo-se fiel à identidade visual da marca. Com faróis reestilizados e um para-choque com novas entradas de ar, o veículo exibirá um visual moderno e sofisticado.

Publicidade

No interior, espera-se um painel e console de layout moderno, com um cluster digital configurável e uma alavanca de câmbio eletrônica, proporcionando uma experiência de condução aprimorada.

O novo Compass manterá a opção do motor 1.3 turbo flex de 185 cv, complementado por tecnologias de eletrificação

No entanto, a estrela da gama será a versão elétrica, oferecendo entre 220 cv e 390 cv de potência. Com um alcance elétrico impressionante de até 700 km, dependendo da versão, e a capacidade de carregamento rápido (de 20% a 80% em apenas 27 minutos), o novo Compass elétrico estabelecerá novos padrões em eficiência e conveniência.

Publicidade

A Stellantis confirmou que a produção do novo Jeep Compass elétrico acontecerá em Goiana, Pernambuco. Esta decisão não apenas solidifica o compromisso da empresa com o mercado brasileiro, mas também indica uma forte aposta na crescente demanda por veículos elétricos no país.

LEIA TAMBÉM:  Velocidade silenciosa; O jet ski elétrico estilo Batman da Viva Electric Jets com carregamento em uma hora

A chegada do Jeep Compass elétrico em 2026 promete ser um ponto de virada para o mercado automotivo brasileiro, combinando design, tecnologia e sustentabilidade. Com seu alcance estendido e capacidade de carregamento rápido, este veículo está preparado para atender às necessidades de uma nova geração de consumidores conscientes do meio ambiente.

Publicidade

A expansão dos carros elétricos “acessíveis” no Brasil em 2024

O mercado brasileiro de carros elétricos está se expandindo com uma gama diversificada de modelos mais acessíveis. Mesmo com a volta do imposto de importação para híbridos e elétricos, a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) prevê um crescimento significativo para o segmento, com um aumento estimado de 60% nas vendas. Entre os modelos que se destacam nesta categoria, estão:

  • BYD Dolphin Mini: Este modelo é uma versão de entrada da BYD, com previsão de ser um dos elétricos mais acessíveis do mercado brasileiro. Ainda que os detalhes técnicos não tenham sido completamente revelados, espera-se que o Dolphin Mini chegue com um preço inicial próximo a R$ 100 mil.
  • Chevrolet Blazer EV: Este SUV elétrico da General Motors apresenta uma faixa de potência variando entre 292 cv e 565 cv, dependendo da versão. Sua chegada ao Brasil está confirmada, embora as especificações exatas de cada versão ainda não sejam conhecidas.
  • JAC Yiwei 3: Respondendo ao crescente interesse por veículos elétricos no Brasil, a JAC está preparando o Yiwei 3. Este modelo, disponível na China, oferece duas opções de motorização e espera-se que tenha um preço competitivo na faixa de R$ 130 mil.
  • Kia EV9: A Kia confirmou o lançamento do seu SUV elétrico de sete lugares no mercado brasileiro. Este modelo oferece diferentes opções de trem de força, incluindo uma versão com tração integral e dois motores elétricos.
  • Volvo EX30: Este SUV elétrico de entrada da Volvo, que já acumulou cerca de 2.000 reservas no Brasil, apresenta um motor elétrico traseiro de 272 cv e estará disponível em três versões. Seus preços começam a partir de R$ 229.950.
LEIA TAMBÉM:  Após tragédia, BYD apresenta inovações para melhorar a segurança das baterias em motocicletas elétricas

Estes modelos são indicativos da crescente diversidade e acessibilidade dos veículos elétricos no Brasil. Eles representam um passo importante para a adoção mais ampla dessa tecnologia no país, oferecendo uma variedade de opções para diferentes necessidades e preferências dos consumidores

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | |

Sobre o Autor

Ana Paula Araújo
Ana Paula Araújo

Ana Paula Araújo escreve no Cultura Ambiental nas Escolas sobre meio ambiente, sustentabilidade, energias renováveis e suas implicações, veículos elétricos e as principais novidades do setor.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *