A ciência pela busca por justiça ambiental

Escrito por Bruno Teles

O Mundo despertou há poucas décadas sobre a importância de se manter e preservar os recursos naturais da terra. Ainda muito se faz o uso incorreto e proposital do meio ambiente, conforme os interesses de um grupo. Veja o que a ciência busca pela justiça ambiental.

Esse uso desenfreado do meio ambiente sempre favoreceu uma classe de pessoas e, infelizmente, as consequências caem primeiro e mais forte para as classes menos favorecidas ou não interessante para os que estão no poder. Nesse cenário surge e cresce o movimento em busca da justiça social, uma pauta frequente no Mundo contemporâneo.

PARA VOCÊ:
Um novo sistema de comunicação quântica poderá detectar terremotos
justiça ambiental
Justiça ambiental (Reprodução: Divulgação)

O que é justiça ambiental?

Movimento político para combate da desigualdade quanto às consequências dos danos ao meio ambiente. Ficou confuso? Então vamos por partes:

  1. Escassez de recursos naturais, desastres naturais, mudanças climáticas intensas, entre outros, podem ser citados como consequência dos danos ao meio ambiente;
  2. Alguém sempre tem que pagar a conta, certo? Contudo, as classes sociais são atingidas de maneira desigual;
  3. Assim, chegamos na chamada ‘Injustiça Social’: populações de baixa renda, certos grupos étnicos e pessoas em situação de vulnerabilidade sofrem mais com as consequências do que os demais.
PARA VOCÊ:
Prefeitura de Niterói e UFF desenvolvem veleiro movido a energia solar e eólica

Qual a função da justiça ambiental?

Através de ações, leis, políticas ambientais, princípios e práticas, assegurar que nenhuma classe ou povo seja sobrecarregado dos danos ambientais, assegurando igualdade e distribuição dos recursos naturais e da responsabilidade ambiental.

O que é justiça climática? | Carta Explica.

A ciência e a Justiça Ambiental:

A ciência, assim como em todas as áreas e assuntos, é essencial para irmos em busca da justiça ambiental. Primeiro, ela é um meio para visualizarmos o cenário completo: quais os povos afetados? O que os afeta? Porque os afeta?

A partir de então, é possível traçar metas para combater a desigualdade ou o dano ambiental geralmente. A modernização ecológica é um excelente exemplo de recurso que a ciência pode gerir para diminuir os impactos ambientais.

PARA VOCÊ:
Admitir que podemos não atingir 1,5 °C pode nos ajudar a enfrentar as mudanças climáticas

 A ciência é uma arma branca que tem de ser usada em busca da justiça social. A seguir alguns meios para isso:

  • Expansão de produção de bens  de consumo, sem destruição de áreas verdes ou alteração do ecossistema local, mantendo a qualidade de vida das populações próximas;
  • Alternativas limpas na geração de energia;
  • Educação da população sobre a importância de buscar alternativas sustentáveis e não ambientalmente prejudiciais.
Artigos relacionados