Moda sustentável: como reduzir o custo ambiental de suas roupas

Escrito por Bruno Teles

Atualmente, a busca por uma vida melhor e responsável com o meio ambiente tem atingido todos os setores. Com a moda, não poderia ser diferente. Neste sentido, diversas marcas e consumidores têm voltado os seus esforços a fim de encontrar uma solução para o problema, logo, surgiu a moda sustentável.

Neste sentido, podemos definir moda sustentável como a moda que visa melhorar o consumo de roupas e acessórios, especialmente daqueles que são produzidos com material eco-friendly, ou seja, que não oferecem danos à natureza. Além disso, a modalidade ainda questiona alguns hábitos de consumo.

Sendo assim, podemos dizer que a ideia já está surgindo efeito há bastante tempo. Isso porque um estudo realizado pela consultoria Regenerate Fashion e o Centro de Estudos em Sustentabilidade, da Fundação Getúlio Vargas, mostrou que 47% dos participantes já pensam em investir em moda sustentável.

PARA VOCÊ:
Na Turquia as pessoas podem usar lixo reciclável para pagar o metrô

Veja também: O impacto ambiental da indústria da moda, apenas 1% das roupas produzidas no mundo é reciclada

Moda sustentável
Moda sustentável (Reprodução: divulgação)

Segundo os dados do estudo Possibilidades Para Moda Circular no Brasil – Padrões de Consumo, Uso e Descarte de Roupas, quase metade dos entrevistados consideram a sustentabilidade como algo fundamental para consumir roupas. 

Como aderir à Moda Sustentável?

Em geral, diversas ações podem ser tomadas para conseguir aderir a moda sustentável e ter maior responsabilidade com o meio ambiente. Isso porque o excesso de plástico, um grande problema da produção de roupas, é excluído nesse tipo de produção. Por isso, confira como reduzir o custo ambiente das suas roupas:

PARA VOCÊ:
Pesquisadores criam Gel capaz de obter água potável até mesmo no deserto

Invista em Tecidos Eco-Friendly

Basicamente, podemos definir tecidos eco-friendly como tecidos que possuem componentes que não atinjam a natureza, tais como o linho, lenpur, liocel, algodão orgânico e muitos outros. Assim, a escolha de tecidos biodegradáveis, além de ter um descarte mais adequado, não oferece riscos à natureza em sua confecção.

Aposte em brechós e marcas sustentáveis

Em muitos casos, confeccionar as próprias roupas não é uma realidade. Sendo assim, para integrar a moda sustentável, nada melhor do que apostar em brechós e marcas que se comprometem com a natureza. Neste sentido, você apoia a natureza e ainda oferece recursos a marcas biodegradáveis.

PARA VOCÊ:
Geração de energia eólica bate recorde no Nordeste

Por fim, podemos dizer que o propósito da moda sustentável vai muito além disso, pois ainda integra outras questões como melhores condições de trabalho e hábitos de consumo. Para uma melhor experiência com o meio ambiente, nada melhor do que consumir somente aquilo que irá preservar a nossa biodiversidade!

Artigos relacionados