Oxford estabelece novo recorde mundial com Painel Solar de 25% de eficiência produzindo 421 watts de energia em uma área de apenas 1,68m²

Oxford estabelece novo recorde mundial com Painel Solar de 25% de eficiência Foto: Bernd Schumacher / Fraunhofer ISE

A Universidade de Oxford desenvolveu o novo painel solar através de sua iniciativa Oxford PV, em parceria com o Instituto Fraunhofer de Sistemas de Energia Solar da Alemanha

Publicidade

O novo painel solar desenvolvido pela Universidade de Oxford estabeleceu um recorde mundial com uma eficiência impressionante de 25% na conversão de luz solar em eletricidade. Este avanço supera a eficiência padrão de painéis solares comerciais, que normalmente varia em torno de 24%.

A Tecnologia por trás do novo painel solar de Oxford

Oxford estabelece novo recorde mundial com Painel Solar de 25% de eficiência 1
Foto: Advanced Oxford

O segredo por trás deste feito tecnológico reside na combinação inovadora de células solares de perovskita com células de silício. Essa abordagem tandem permite teoricamente alcançar uma eficiência máxima de mais de 43%, uma melhoria significativa em comparação com os menos de 30% alcançados por células de silício sozinhas.

Publicidade

Além disso, a eficiência do painel se traduz em uma alta saída de energia, gerando 421 watts em uma área de apenas 1,68 metros quadrados. Isso foi alcançado usando equipamentos padrão de produção em massa, otimizados para a nova tecnologia no Instituto Fraunhofer.

Novo painel solar de de Oxford representa um impulso significativo para a transição energética global

Com a crescente demanda por fontes de energia renováveis, a eficiência aprimorada dos painéis solares pode ter um impacto transformador, produzindo mais eletricidade em menos espaço, reduzindo assim o custo da energia solar e acelerando sua adoção em vários setores, desde residenciais até comerciais e em grande escala.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Revolução energética em Goiás; conheça o maior projeto de Energia Híbrida do Brasil

A Oxford PV, já consolidada como líder mundial no desenvolvimento de células solares tandem de perovskita e silício, planeja um 2024 transformador. A empresa está ampliando a fabricação na Alemanha e tem planos para uma nova fábrica destinada à produção em alta escala dessas células solares inovadoras.

Este novo recorde mundial não é apenas um testemunho do potencial das energias renováveis, mas também um indicativo de que estamos à beira de uma revolução solar, impulsionada por avanços tecnológicos contínuos que prometem elevar ainda mais a eficiência e a aplicabilidade da energia solar em todo o mundo.

Publicidade
Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | | | | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *