Pneus sem ar da Bridgestone podem ser usados em carros elétricos e até bicicletas e usa resina para garantir a estabilidade dos veículos

Pneus sem ar da Bridgestone podem ser usados em carros elétricos e até bicicletas e usa resina para garantir a estabilidade dos veículos Fonte: Bridgestone / Divulgação

No interior dos pneus sem ar da Bridgestone há um aro rígido e, na parte externa, os mesmos são revestidos com borracha de altíssima qualidade para suportar as irregularidades do terreno

Publicidade

Os pneus sem ar projetados pela Bridgestone serão avaliados com a ajuda de um pequeno carro elétrico produzido pela Idemitsu Kosan Co. Os testes foram feitos em fevereiro de 2023 e os resultados desse teste são fundamentais para o desenvolvimento da tecnologia de pneus no futuro. Essa tecnologia substitui os raios por resina para atingir o nível de densidade exigido nos pneus.

O conceito de pneus de bicicleta sem ar foi patenteado pela Bridgestone no ano de 2011. No interior dos pneus, há aros rígidos e, na parte externa, os mesmos são revestidos com borracha. Um dos benefícios é que os modelos mais novos têm maior capacidade de absorver os impactos das imperfeições do caminho. 

Publicidade

À medida que rolam sobre solavancos ou buracos irregulares, eles se ajustam a curvas irregulares, o que reduz a quantidade de saltos do condutor e também do passageiro.

A eliminação da necessidade de manutenção rotineira dos pneus, que podem perder pressão, furar ou até explodir, é mais um benefício significativo e uma das metas da fabricante de pneus sem ar

De acordo com a Bridgestone, os pneus tradicionais têm uma função de mola que lhes permite sustentar o peso do veículo e absorver o estresse da superfície da estrada da mesma forma que uma bola inflada. Esta função de mola é conseguida enchendo os pneus com ar de alta pressão.

Publicidade
LEIA TAMBÉM:  Toyota Yaris Cross híbrido no Brasil: Montadora japonesa anuncia SUV para 2025 e preço deixa consumidores animados

Porém, se a pressão do ar não for adequada ou o pneu estiver furado, pode haver um problema de direção. A Bridgestone observa ainda que os aros de resina de sua tecnologia ‘Air Free Concept’ oferecem mais liberdade de design e reciclabilidade do que os pneus tradicionais.

Colocar os pneus sem ar à prova em um veículo elétrico a Idemitsu Kosan Co. pode deixar os dois fabricantes um passo mais perto de alcançar a neutralidade de carbono e aumentar a reciclabilidade dos materiais usados em seus produtos. Aqueles que optam por viajar pela cidade usando métodos como automóveis e bicicletas elétricas provavelmente terão interesse em bens e modos de transporte ecológicos.

Publicidade

“Acreditamos que o Air Free Concept desenvolvido pela Bridgestone é ecologicamente correto. Os pneus sem ar contribuem para reduzir o risco de paradas de veículos e devem melhorar a experiência de uso dos clientes”, argumenta Akira Oishi, gerente geral da Idemitsu Kosan Co.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *