Quais são os 5 R’s da reciclagem? Reduzir, Reaproveitar, Repensar, Recusar, Reciclar

Escrito por Geovane Souza

Reduzir

Se não precisa, não desperdice. Aqui estão alguns exemplos excelentes de Reduzir:

  • Use garrafas recarregáveis ​​em vez de recipientes de bebidas de uso único para economizar até milhares de garrafas e latas todos os anos.
  • Em vez de escrever somente de um lado, use os papéis de ambos os lados.
  • Ao fazer compras, use sacos de pano em vez de sacos de papel ou sacolas plásticas.

Reaproveitar

Dê uma nova utilidade para cada produto, reutilize cada item que puder antes de jogá-lo no lixo ou reciclá-lo. Aqui estão alguns exemplos de reaproveitamento:

  • Frascos de vidro tornam-se recipientes de armazenamento de alimentos.
  • As sacolas de supermercado tornam-se sacos de lixo.
  • Garrafas de vidro podem ser reutilizadas como vasos e assim por diante.
  • Reutilizando, você economiza dinheiro enquanto também protege o meio ambiente.
PARA VOCÊ:
Airbus testa o primeiro avião movido a hidrogênio

Repensar

Considere sua verdadeira necessidade e o lixo que pode ser causado antes de comprar um produto. Veja alguns exemplos do como você pode repensar:

  • Você realmente precisa do que está comprando?
  • O que acontece com o seu antigo item, quando você adquire um novo?
  • Este é um bom momento para pensar sobre seus comportamentos.

Recusar

Como clientes e protetores dos recursos naturais do planeta, nos temos o direito, e o dever, de recusar a comprar itens de empresas que não se preocupam com o meio ambiente e, consequentemente, têm implicações socioambientais relevantes.

PARA VOCÊ:
Equatorial Pará dá desconto na conta de energia através da reciclagem

Veja também: Porque a reciclagem do lixo é tão importante para o meio em que vivemos?

Reciclar

Caso você não encontre uma forma de reaproveitar um produto, pode ainda reciclá-la. Para reciclar materiais, usa-se um processo industrial para a transformação do lixo em um novo produto. Essa escolha reduz a necessidade de encontrar novos recursos naturais para fabricá-lo do “zero”, custa menos do que a maneira tradicional de fazer as coisas porque precisa de menos energia e insumos, além disso ainda gera empregos para às pessoas.

PARA VOCÊ:
Catadores são responsáveis por 90% do lixo reciclado no Brasil
Artigos relacionados