Conheça o Chevrolet Kadett híbrido que faz 32 km/l e ainda por cima tem isenção de IPVA

Chevrolet Kadett híbrido Foto: Caio Cintra/Acervo pessoal | Reprodução / Quatro Rodas

Apesar de todas a modificações, o Kadett híbrido mantém seu tanque original de 60 litros, proporcionando uma autonomia de até 1.100 km.

Publicidade

Neste artigo, exploramos a incrível transformação de um Chevrolet Kadett em um veículo híbrido, uma façanha realizada por Caio Andreazzi Cintra, um engenheiro eletricista apaixonado por automóveis clássicos. Este Kadett não é apenas um exemplo de inovação tecnológica, mas também de eficiência e economia, alcançando a impressionante marca de 32 km/l.

Caio Andreazzi Cintra, proprietário de uma oficina em São José dos Campos, tem se dedicado a transformar clássicos automotivos em obras de arte tecnológicas. Com sua experiência e paixão, ele criou o primeiro Chevrolet Kadett híbrido do mundo. Seu amor por carros antigos, combinado com o desejo de superar os desafios que eles representam, levou-o a embarcar neste projeto inovador.

Publicidade

O processo de transformação do Chevrolet Kadett híbrido

Kadett híbrido
Foto: Caio Cintra/Acervo pessoal | Reprodução / Quatro Rodas

Segundo o site Quatro Rodas, a ideia para o Kadett híbrido surgiu de um cliente que queria transformar um carro antigo em um híbrido. Caio escolheu a mecânica híbrida flex do Toyota Corolla 2021 para esta conversão. O processo, que durou cerca de seis meses, incluiu uma série de adaptações, como reforço das estruturas do carro e integração de sistemas eletrônicos avançados do Corolla, incluindo direção elétrica e central multimídia. O resultado foi um Kadett com características de condução modernas, mas ainda mantendo seu charme clássico.

LEIA TAMBÉM:  Qual a vida útil da bateria de um veículo elétrico?

O Kadett híbrido impressiona com sua eficiência de combustível, alcançando 32 km/l na cidade e 26 km/l na estrada. Caio destaca que a leveza do Kadett, que é 230 quilos mais leve que um Corolla, contribui significativamente para esta eficiência. Além disso, o carro mantém seu tanque original de 60 litros, proporcionando uma autonomia de até 1.100 km.

Publicidade

Isenção de IPVA

Além da eficiência de combustível, um ponto notável é que o Kadett, sendo um modelo de 1998, está isento do pagamento de IPVA. Isso deve-se ao fato de que carros com mais de 20 anos de uso são considerados clássicos e, portanto, estão isentos desse imposto no Brasil, mesmo com a mecânica de um carro de 2021.

Esse projeto não só trouxe reconhecimento para Caio, mas também abriu portas para novas oportunidades. Ele já tem planos para adaptar a mecânica de um Audi A6 2013 em um Chevrolet Opala, prometendo mais inovação e transformações no mundo dos carros clássicos.

Publicidade

Esse Kadett híbrido é mais que um carro, é um testemunho da paixão e habilidade de um engenheiro que não tem medo de desafiar os limites do automobilismo. Ele simboliza uma nova era para carros clássicos, combinando o charme do passado com a tecnologia e a sustentabilidade do futuro.

Siga-nos no Google News

Publicidade

Tags: | |

Sobre o Autor

Geovane Souza
Geovane Souza

Geovane Souza é Jornalista e especialista em criação de conteúdo na internet, ações de SEO e marketing digital. Nas horas vagas é Universitário de Sistemas de Informação no IFBA Campus de Vitória da Conquista.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *